Imagem que mostra alguém pregando a Palavra de Deus
Blog, É Fogo

O profeta é aquele que cumpre sua vocação

By

Nos últimos dias estamos nos alimentados de liturgias diárias maravilhosas. Santa Faustina diz que em dias de solenidade, sempre recebia uma graça especial. Desde o Natal estamos vivendo um tempo de festa, como uma grande solenidade, e não tem sido diferente. Grandes graças podem ser colhidas nesse tempo e em nosso meio, que alimentam nossa vocação!

O evangelho de hoje narra Jesus pregando no templo e dando cumprimento a profecia que está em Isaías (Lc 4, 14 -22a). Enquanto consagrados Cristo Libertador, essa passagem é muito conhecida por nós, afinal, ela é nossa passagem apostólica.

Poderíamos refletir sobre ela em diversas vertentes, porém, quero focar apenas em um versículo.

Hoje se cumpriu

Quando eu li essa passagem hoje pela manhã em minha oração, o versículo 21 me saltou aos olhos:

“Hoje se cumpriu aos vossos ouvidos essa passagem da Escritura”

Todos os dias temos a oportunidade de vivermos o que o Evangelho nos fala, depois de ler isso, a oportunidade de viver o evangelho de hoje se deu quando o nosso fundador partilhou uma oração que uma das vocacionadas de nossa comunidade escreveu.

A oração não diz nada diretamente ao evangelho em questão, já até tinha lido ela, mas com o Evangelho de hoje, abriu meus olhos para uma nova visão.

Ao ler eu pensei “Ela chegou a pouco tempo e já entendeu muita coisa”. No mesmo momento Deus dizia em meu coração: “É que ela não chegou a pouco tempo, sendo Cristo Libertador, ela sempre foi isso. Hoje apenas se dá cumprimento, assim como você leu no Evangelho”

A profecia se cumpre aos nossos ouvidos quando vivemos nossa vocação, eis que surge um consagrado, um profeta.

As profecias e o profeta

Isaías tinha escrito essa profecia muitos anos antes de Cristo, e naquele dia que está no templo, podem dizer que aquela passagem se torna viva diante de seus olhos.
O mesmo acontece com aqueles que vivem sua vocação, não importa se são os primeiros que chegaram ou se são os últimos. A profecia e a unção do Senhor que está sobre nós, enquanto consagrados, é a mesma.

O que faz escrevermos orações, atuarmos em ministérios, proclamar profecias, não é apenas o nosso “tempo de casa”, se somos o que estão desde a fundação ou os que chegaram agora.

O tempo não é condicional para a profecia, a única coisa é que condicional é A Palavra que está sobre nós.

Trazendo para o Evangelho, é o que está escrito no início da profecia:

“O Espírito do Senhor está sobre mim”

O Espírito te ungiu

Quero falar diretamente com você, vocacionado, ou você que chegou agora em algum lugar (grupo, pastoral, paróquia, etc).

A profecia de Deus hoje para você é: O Espírito do Senhor está sobre você!

Não se sinta inferior apenas por ter menos tempo que os outros, o que faz os mais velhos e os mais novos falarem, profetizarem, evangelizarem, consagrarem é o mesmo que está sobre você, o Espírito de Deus. Então, se o Espírito está inspirando orações, profecias, ministérios, não tenha medo.

Essa passagem que estamos meditando inaugura a pregação de Jesus, claro que estamos falando de Jesus que é o nosso Senhor, mas Ele também era novo naquele lugar perante aquelas pessoas.

Com isso, Jesus nos deixa o exemplo Daquele que vive PERFEITAMENTE sua vocação.

Estamos vendo o que muitos desejaram

Em Jesus está o cumprimento de todas as profecias, sobre Ele está essa graça que recai sobre nós.

O quanto Isaias enquanto escrevia essa profecia não desejou vê-la?

Pois é, vimos e vemos aquilo que muitos desejaram.

Na oração da manhã também pude brevemente fazer memória de quantas profecias comunitárias eu já pude testemunhar, e quando eu testemunho cada uma delas, eu posso dizer novamente: “Hoje se cumpriu aos vossos ouvidos essa passagem da Escritura”

Quando vivemos nossa vocação, vimos e vemos aquilo que muitos desejaram ver e não virão, a Palavra se tornando vida em nosso meio.

Então, meu irmão e minha irmã, não importa se você chegou hoje ou a anos atrás, viva sua vocação, assim como Jesus viveu, para que possamos ver a Palavra se cumprindo em nosso meio.

Se você deseja contribuir com as obras de evangelização de nossa comunidade, seja amigo de nossa obra.

A transfiguração em nosso carisma

O amor ao Cristo exige apostolado

Giovana Belini, escritora do texto, agraciada por Deus, apóstola, pregadora, feliz por viver sua vocação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.