qual a sua casa de restituição
Arte e Cultura, Blog, Discípula Livre

Qual a sua casa de restituição?

By

Todos nós sabemos, que em algum momento da vida fomos ou somos restituintes. Ou melhor, educandos. A restituição é para todos e estar inserido dentro dela não é fator de inferioridade, mas de grande cuidado e providência, para irmos de educandos à educadores, assim como foi a Virgem Maria.

 

ONDE É MEU LUGAR DE RESTITUIÇÃO?

Carismáticamente nós sabemos onde é o lugar da restituição, e todos, sem exceção, estamos inseridos nessa realidade tanto como educandos ou como educadores. Mas afinal, em nosso secreto, na intimidade, onde é este lugar?

De todas as passagens bíblicas, a passagem de Lucas 15,4-7 é uma das minhas favoritas, onde são relatadas as parábolas da misericórdia, dentre elas a parábola da ovelha perdida. Eu sempre volto, leio, releio e medito essa palavra. Se em todas as vezes em que eu pudesse pregar, sempre escolheria essa passagem porque ela se atualiza de uma forma imensurável.

 

O PASTOR E A OVELHA

Tão conhecida nós sabemos que a ovelha se afasta das 99, e o bom pastor sem hesitar vai ao seu encontro. Talvez assim como eu, você se pergunte e tente racionalizar pensando: “Mas para que ir buscá-la? Se ele ainda tem muitas, uma sequer não fará falta.” Acredite, faz falta! Deus, sendo esse Bom Pastor nunca esquece de suas ovelhas que somos nós. Ele ama as 99, mas ama a cada um de nós na individualidade, ama cada um da maneira em que PRECISA ser amado! Então entenda, o Senhor ama a comunidade Cristo Libertador, mas ele não nos ama por igual, da mesma forma que uma mãe não ama todos os filhos igualmente, ela os ama de uma forma única e esse amor não é medido. O pastor não ama as ovelhas somente porque merecem, porque afinal, avaliando bem, em que parcela merecemos? Ele nos ama porque precisamos desse amor, porque o amor é uma principal ferramenta para a restituição acontecer!

 

CORREÇÃO

Um bom pai e uma boa mãe que ama, exorta, corrige e cuida de seus filhos. Essa é a postura do pastor para com a ovelha. Ela se afasta do pasto porque já não escuta a voz do Pastor tão nitidamente como ouvia antes e como as demais escutam. Entenda, se você já não ouve mais nitidamente a voz do Pastor, a restituição precisa acontecer!

O pastor vai ao encontro da ovelha perdida, e ao encontra-la ele a ama, mas como? Corrigindo! Ele quebra as patas da ovelha e a carrega nos ombros. Você pode se perguntar, mas porque tudo isso? Ele deseja a restituição para ela e age como um bom pastor para que isso aconteça!

 

ELA NÃO ESQUECERÁ MAIS DE SUA VOZ

É nos ombros do pastor que a restituição acontece! As patas são quebradas e a ovelha é carregada nos ombros para que seus ouvidos estejam mais próximos a boca do pastor, sendo assim a sua voz não será mais esquecida. Ao pastorear as demais ovelhas, ao chamá-las, a restituinte, educanda, está vivendo a máxima de seu processo. Sendo cuidada e amada e escutando tão nítido agora a voz que antes já havia sido esquecida. Isso é um castigo para a ovelha? Não! Mas veja o quanto este pastor também se sacrifica para que a restituição de sua ovelha aconteça. Levando em consideração o sol bem quente, o cansaço, a dor que poderia ter nas costas, afinal, uma ovelha adulta pode pesar em média de 45 a 160kg. A voz cansada de tanto chamar. Mesmo assim, Ele não desiste porque ele a ama e entende a quão preciosa ela é!

 

Assim nós somos aos olhos de Deus, preciosos, únicos, eleitos. Se hoje você deixou de ouvir a sua voz, saiba que Ele está com os ombros prontos para te carregar e a voz tão calorosa a te dizer: Eu nunca te deixarei, sempre que preciso irei ao teu encontro, escuta a minha voz, memoriza no teu íntimo os meus comandos e jamais se esqueça… Quando não se ouve mais a voz, é sinal de que está longe de mim. Mas há uma esperança, a tua casa de restituição é aqui!

LEIA MAIS: 

Era uma vez um junípero

Um coração pobre percebe os detalhes de Deus

Assinatura Van

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.