Blog, É Fogo

O perigo de endurecer o coração

By

Comunitariamente falando, Deus tem nos contado parábolas que falam sobre coração.

Como assim?

Deus viu os nossos corações, e muitos de nós, estamos com ele endurecido, fechado, cheios de espinho. Então, como um Bom Pai, que ama e deseja cuidar de seus filhos, começou gritar em nossos ouvidos sobre isso.

Alguns já até amoleceram, mas as parábolas que Deus nos contou nos últimos tempos sempre falava da mesma coisa, pois Ele estava querendo falar do nosso coração.

Partilhando com todos vocês, durante mais de um mês, em diversos momentos de oração Deus falava sobre o assunto de maneira muito clara quando estávamos juntos orando. Falou sobre a ansiedade, frieza e tristeza; sobre corações endurecidos que não o adoravam mais, muitas coisas mesmo.

As parábolas são para nós

Foi difícil, mas entendemos que Deus falou do meu coração, do nosso, dos corações que estão nessa comunidade.

E hoje, tomo a liberdade de estender essa reflexão a você, que pode não ser um membro da Comunidade de Aliança Cristo Libertador. Mas, para que através dessa experiência que tivemos, o nosso carisma posso te alcançar nesse momento e transformar seu coração mais livre.

Como está seu coração?

Uma coisa sabemos, ele está batendo, assim esperamos!

Mas, a palavra de Deus nos diz:

“Pois, acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda sua vida! ”

Pv 4,23

“Onde estiver o teu tesouro, aí também estará o teu coração.” Mt 6,21.

Já escrevi um texto no blog sobre essa passagem que está aqui.

Onde está o seu coração?

Sabendo disso, como está seu coração? Como está sua vida?

Muitas vezes o enchemos de preocupações, angústias, mágoas, raiva, decepção. Todos esses sentimentos transformam nosso coração em um tesouro falido, perdido, sujo, sem brilho, sem valor.

E mais do que isso, um coração de pedra.

Um coração de pedra

Por medo de todo sofrimento que estas coisas ocasionam em nosso coração, endurecemos ele para nos “defender”.

Quantas vezes diante de uma decepção nos endurecemos? Diante de uma traição? Falta de perdão?

Estava em adoração há um tempo atrás e o Senhor me deu uma visualização de uma pedra sendo jogada ao chão e quebrada em diversos pedacinhos que voavam por toda parte.

E Ele me dizia: “Se fosse um coração de carne, não teria acontecido isso”.

Nesse dia eu entendi, que todas as vezes que endurecemos nossos corações como uma pedra, na verdade estamos em risco, somos mais suscetíveis a destruição.

Destruição ou conversão

Na nossa vida teremos muitos momentos que parece que nosso coração está sendo jogado ao chão.

Podem ser momentos de tribulações, de humilhação, de dificuldades. O momento que parece que seu ministério acabou, talvez um momento que parece que Deus te abandonou, que nada mais faz sentido.

Fechamos-o como uma pedra, pois não queremos mais sentir aquela dor, e quando ele cai no chão, se quebra. Nessa queda, muitos pedaços podem até se perder.

Esse pedaço pode ser justo o pedacinho da sua vida espiritual, da sua vocação, de um dom que Deus te deu…

Quantas pessoas você conhece que diante de uma dificuldade saíram da Igreja? Saíram dos Ministérios? Abandonaram seus dons? Abandonaram a vocação?

As dificuldades não precisam acabar sempre em destruição, há outro caminho, o caminho da conversão. Para isso, precisamos de um coração de carne.

A conversão é gerada

Um coração de carne quando jogado ao chão, a única coisa que acontece com ele, é que Jesus vai até lá, pega em suas mãos e devolve mais convertido.

Um coração de carne que sofre, se une ao coração de Jesus que tudo sofreu em sua humanidade. Em cada sofrimento que passamos dessa forma, temos a oportunidade de nos unir a Ele e é isso que nos transforma.

“Eu lhes darei um só coração, porei no seu íntimo um espírito novo: removerei do seu corpo o coração de pedra, e lhes darei um coração de carne, a fim de que andem de acordo com os meus estatutos e guardem as minhas normas e as cumpram. Então serão o meu povo e eu sei o seu Deus.”

Ez 11, 19 – 20

Muitas vezes, as quedas de nossa vida nos ajudam em nossa purificação. Jesus quer nos purificar para sermos mais santos, não para nos fazer sofrer.

Em meio as quedas e dificuldades, Ele nos converte mais o. O objetivo de tudo isso no final é único, nossa salvação. Jesus nos quer na eternidade, e para isso precisamos ser santos, simples assim. Só estamos vivendo tudo isso porque Jesus nos quer intensamente.

Não há um dia que o Senhor não te deseje.

Leia mais:

Com que frequência buscamos o amor, onde não vamos encontrá-lo?

Geri suas crises, ou sua vida irá à falência

Inscreva-se no nosso canal do Youtube e veja todos os vídeos!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram Access Token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.

Error: No posts found.

Make sure this account has posts available on instagram.com.