Blog, É Fogo

Não sou uma máquina, sou um adorador

By

Quando comungo Jesus, meu corpo o adora.
Fisicamente e espiritualmente.
Minha carne ao receber seu corpo santo, alma e divindade, adora-o por completo.
Não há nada em meu corpo, impulsos nervosos, sangue, sistema digestivo, coração, pulmão, não há nada que não o adore nesse momento, que não o toque, pois Ele passa por tudo.

A obediência da Criação

Toda criação em si é colocado em sua essência obediência a Deus, pois toda criatura foi feita para obedecer ao Criador!
Pensa, um engenheiro de uma máquina, quando ele a cria, ele tem o domínio dela, ela foi feita por ele, então também é comandada por ele.
As árvores, flores, animais aquáticos, répteis, domésticos, todo o oceano, o sol, as estrelas, tudo é criação de Deus, e elas o obedecem de forma natural simplesmente por existir.
Uma planta não tem como não obedecer a Deus, toda vez ela fará o que deve ser feito. Por exemplo, não tem como uma árvore dama da noite deixar de exalar seu perfume à noite, pois foi feita assim, ela por si só não consegue optar por deixar de exalar.
Não tem como um pé de Manga, de forma natural, deixar de produzir manga. Ele foi feito para isso!

A desobediência da criatura

Entretanto, nós seres humanos, somos a única criação de Deus que podemos escolher obedecê-lo.
Eu posso escolher se servirei a Ele, se seria aberta a vida em meu matrimônio como Ele pede e darei os frutos de minha vocação, eu posso escolher se viverei a castidade, a pobreza…
Deus nos deu o livre arbítrio e a possibilidade de escolha.

Porém, o que Deus me mostrava em uma das minhas últimas comunhões na missa, é que quando escolhemos comungá-lo, dentro de nós há um encontro total, de adoração e obediência. Pois, naquele momento que escolhemos recebê-lo, todo o nosso corpo obedece de forma natural seus instintos em suas funções.
Jesus passeia por tudo e nos tornamos adoradores nesse momento com a nossa natureza humana.

O encontro do criador com sua mais perfeita criatura

Com o seu passear em meu corpo, é união mais sublime da criação. O humano com o Divino. O criador com a criatura.

Jesus, Você fizestes meu corpo para digerir, filtrar, funcionar em mais perfeita sintonia com cada órgão.
E fez meu corpo também com a oportunidade de sempre se encontrar contigo, meu amado!

Me fizestes, eu sou Tua

Não sou uma criatura abandonada, sou criatura amada com a possibilidade de te ter.
Quando você entra em mim Jesus, meu corpo mostra que não é uma máquina apenas, ele é adoração para Ti.
Deus não criou máquinas, Deus criou adoradores, em Espirito e Verdade.
A medida que você entra em mim, passa por todo meu organismo, órgãos digestivos e os órgãos que fazem esse processo te adoram, os impulsos enviados pelo meu cérebro exaltam a sua divindade e perfeição.
O palpitar do meu coração te ama, o pulmão respira vida com a vida dentro de si, tão perto, tão junto.
Meus rins, minhas veias, meu sangue, tudo, tudo que sou por natureza humana entra em graça nesse momento.
Alimento do meu corpo, satisfação da minha alma.
Se palavras me faltassem, meu corpo falaria, gritaria, o quanto Te adora em profunda comunhão nessa hora.

Leia mais:

15 minutos com Jesus

A Palavra de Deus é o Cristo Libertador

É preciso chorar para regar 

Desculpa Jesus, não sabíamos ser seu amigo!

Inscreva-se no nosso canal do Youtube e veja todos os vídeos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.