Imagem de Santa Teresinha
É Fogo

Não sou devota de Santa Teresinha

By

CALMA, eu não sou devota de Santa Teresinha, mas isso não quer dizer que não a ame. Eu amo muito Santa Teresinha, a admiro, me inspira, me constrange. Afinal, como não amar essa mulher? Tão doce, santa, inteligente.

Engraçado, que na minha mente, quando penso em Santa Teresinha, sempre vem em minha mente uma mulher com um rosto sereno, sorriso leve, olhando para mim. Aquela mulher que olhamos e desejamos nos aproximar, conversar, abraçar. Aquela pessoa que quando ficamos algumas horinhas ao lado, saímos até mais leve, sabe?

Mas, preciso dizer uma verdade, Santa Teresinha não é minha santa de devoção pessoal. E está tudo bem. Não precisamos todos ter a mesma devoção pessoal a todos os santos, precisamos ter devoção pela santidade e almejá-la.

Santa Faustina e Teresinha

Hoje estava voltando do mercado, e lembrei do sonho que Santa Faustina teve com Santa Teresinha.
Parece que Santa Teresinha também não era uma santa de devoção particular de Faustina, tanto que ela só aparece uma vez no Diário:

Quero anotar um sonho que tive a respeito de Santa Teresinha do Menino Jesus. Eu era ainda noviça e tinha certas dificuldades, que não conseguia superar. Tratava-se de obstáculos interiores, mas que se relacionavam com dificuldades exteriores. Fiz novenas a vários santos, mas a situação tornava-se cada vez mais difícil. Os meus sofrimentos por esse motivo eram tão grandes que já não sabia como continuar a viver. De repente, veio-me a ideia de rezar à Santa Teresinha do Menino Jesus. Comecei uma novena à essa santa [120], pois já antes do ingresso no convento tinha grande devoção a ela. Agora me descuidei um pouco dela, mas, nessa necessidade, novamente comecei a rezar com todo o fervor.

O sonho

No quinto dia da novena sonhei com Santa Teresinha, mas como se ela ainda estivesse na terra. Ocultando diante de mim o fato de ela ser santa, começou a dizer-me palavras de conforto; que eu não ficasse tão triste por causa desse problema, mas que confiasse mais em Deus. Disse-me: “Também eu sofri muito”. — Contudo, eu não estava muito convicta de que ela tivesse sofrido muito e disse-lhe: “A mim me parece que não tenha sofrido nada”. — Mas Santa Teresinha respondeu, assegurando-me de que havia sofrido muito e me disse: “Saiba, irmã, que dentro de três dias a irmã resolverá esse problema da melhor maneira”. Como eu não estava muito inclinada a acreditar nisso, então ela se deu a conhecer, revelando-me que era santa. Então a minha alma encheu-se de alegria e perguntei-lhe: “Você é santa?”. E ela me respondeu: “Sim, sou santa, e confie que aquele problema a irmã resolverá no terceiro dia”. — E eu disse a ela: “Santa Teresinha, diga-me, irei para o céu?” — Respondeu-me: “A irmã irá para o céu”. — “E serei santa?” — Respondeu-me: “A irmã será santa”. — “Mas, Teresinha, eu serei uma santa como você, nos altares?” — E ela me respondeu: “Sim, você será uma santa como eu, mas deve confiar muito em Jesus”. — E perguntei-lhe se meu pai e minha mãe irão para o céu, se… (72) [frase incompleta] — Respondeu-me: “Irão”. — E continuei a perguntar: “E as minhas irmãs e meus irmãos irão também para o céu?” — Respondeu-me que rezasse muito por eles, mas não me deu uma certeza. Compreendi que necessitavam de muitas orações.

Tratou-se de um sonho e, como diz o provérbio: “O sonho é ilusão e só Deus é salvação” [121]. No entanto, no terceiro dia resolveu-se esse difícil problema com muita facilidade. Como me tinha dito, cumpriu-se literalmente tudo que se relacionava com essa questão. Foi um sonho, mas ele teve o seu significado.

(DSF 150)

Amigos em comum

Nessa hora, eu pensei, pode ser que Santa Teresinha ainda não seja minha amiga íntima, que eu não tenha tanta intimidade, mas ela é amiga da minha amiga, e por isso, eu encontro a vida dela com frequência e com tanto prazer.

Santa Teresinha aparece em sonho para Santa Faustina. Santa Teresinha tinha uma devoção especial por Santa Maria Madalena, e essas duas, são minhas santas de devoção e quem tenho mais  intimidade.

Nessa hora, fez sentido, porque apesar de não ser tão devota de Santa Teresinha, eu encontro sempre com ela. Não é assim também em nossos convívios?

Às vezes não somos tão próximos de determinadas pessoas, mas algum amigo íntimo nosso é, e encontramos essa pessoa diversas vezes por conta desse nosso amigo em comum. E assim, temos a oportunidade de nos aproximar dele, conhecer sua história, aprender e conversar.

Santa Faustina e Santa Maria Madalena também me dão a oportunidade de me aproximar de Santa Teresinha.

 O convívio dos eleitos

Tudo isso, no final se resume em uma única coisa, o convívio dos eleitos.

No céu estão todos aqueles que são amigos, não há inimizade no céu. Todos são amigos em comum de Jesus Cristo, e assim, um amigo do outro.

“Quem tem amigo, tem tudo” Quantas vezes já ouvimos isso? E é verdade! Quem é amigo de Jesus Cristo então, tem tudo!

Afinal, cada santo pode nos ensinar uma coisa para a busca da santidade, e eles vão se apresentando a nós no decorrer da vida para crescermos em amizade, não com eles mesmos, mas com Deus.

Por exemplo, hoje mesmo dizia ao meu marido o quanto as músicas que foram compostas a partir dos escritos de Santa Teresinha me fazem rezar, são belíssimas e profundas! Essas músicas me ajudam a ser mais amiga de Deus, porque Santa Teresinha assim foi.

Eu amo Santa Teresinha

Eu amo Santa Teresinha! Mas, ainda mais, cresço de amor por todos aqueles que buscam a santidade, pois eu amo Jesus Cristo.

Gosto de dizer que o convívio dos eleitos começa aqui, e de fato, posso ver na vida de muitos dos meus irmãos buscas autênticas pela santidade, e eu os amo também por isso. Aprendo com eles, admiro, desejo me aproximar.
Confesso até uma coisa, desejo ser mais amiga daqueles que desejam a santidade, pois desejo aprender com eles, crescer e amar a Jesus com eles. Eu preciso ser amiga dos santos de Deus, se não me perco!

De maneira, que aqueles que um dia deixam de buscar a santidade como prioridade, acabamos nos afastando do convívio. Isso não quer dizer que deixo de os amar, até porque não sou superior a eles, nada disso! Mas, de maneira natural, se a nossa prioridade não for a santidade, não tem como adentrarmos em maior intimidade. Até podemos conversar, se encontrar, mas a intimidade profunda está junto com aqueles que buscam a mesma coisa. Se a pessoa a qual me relaciono não deseja o mesmo, qual será o nosso assunto? Do que falaremos quando nos encontrarmos?

Por que Santa Teresinha apareceu para Santa Faustina? Porque Santa Faustina queria ser santa, e viver de maneira íntegra esse desejo.

Se continuarmos na busca pela santidade, acredite, muitos santos aparecerão em nosso caminho. Porque eles desejam e intercedem para que estejamos com eles na glória celeste, eles desejam apresentar a nós seu GRANDE AMIGO, Jesus Cristo.

Aparecerá Faustina, Madalena, Teresinha, Elias, Paulo, João Paulo II, Jerônimo, tantos e tantos santos…. No fim, precisamos ter uma grande devoção pela santidade, e todos esses, que sabemos o nome e muitos que nem conhecemos, foram santos!

Viva Santa Teresinha! Roga por nós amiga, e amiga das minhas amigas, para que sejamos amor em nossas vocações!

Leia mais:

Mãe de pet, o reducionismo da vida

Jezabel e Maria Madalena. O que há em comum?

Se você deseja contribuir com as obras de evangelização de nossa comunidade, seja amigo de nossa obra.

Giovana Belini, escritora do texto, agraciada por Deus, apóstola, pregadora, feliz por viver sua vocação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.