Santa Faustina segurando o quadro de Jesus Misericordioso
Blog

A confiança se encontrou com a misericórdia

By

(Do encontro da confiança de Santa Faustina, com o encontro da Misericórdia de Deus)

No começo, eu não precisava de motivos, apenas confiava, era algo como intuitivo.

Nessa fase, aos 7, a intuição em minha alma uma vida de perfeição. Mas o que se entendia de perfeição aos 7? a não ser a submissão completa do desejo do meu coração.

A confiança de companheira, se tornou apenas uma hóspede que me visitava.

A minha confiança e a dos meus pais se desencontravam, e dentre elas, preferi escolher de quem tanto me amavam.

A minha confiança na vida religiosa, a deles na vida trabalhosa.

O contínuo chamado de Deus em meu coração, de vocação, se tornou atormentação.

Nessa fase, aos 18 me encontrava, e na maior idade apareceu a mim Aquele que tanto me chamava.

Sabia, era o seu último chamado, apenas mais uma chance eu tinha, ou confiava, ou deixava.

Deixava para sempre uma vida que desde aos 7 em meu coração gritava.

Como viveria com esse som? O que eu ouviria se não o silenciasse com minha vida?

A resposta a Ele eu diria, eu o seguiria para onde ele me guiaria.

Da Rua Abramowskiego 29 um trem tomaria, até a Varsóvia, agora uma nova casa, guiada pela Mãe da Misericórdia, minha fiel companhia.

Agora na minha vida, encontrava muitas discórdias. Deixar a família, encontrar um lugar novo, um convento que não me recebia, o dinheiro que eu não tinha.

E o passo em meu coração era único, a confiança. Só assim poderia fazer com Ele uma aliança.

01 de agosto marcou a minha entrada. O início de uma longa caminhada.

Agora, a confiança era uma escolha, meu coração confiava, e assim O amava. A confiança era uma consagração, um meio de união, uma vida de mortificação e consagração. O coração Dele me chamava, e eu só podia responder a medida que o amava, ou seja, confiava.

Aquela voz que tanto gritava, silenciada foi pela minha vida doada. Agora eu podia ouvir o que Ele desejava, o anúncio da sua misericórdia, a vocação sonhada.

Atraída fui para Suas entranhas, a confiança me levou a encontrar com o mistério da Misericórdia.

A confiança é atração para encontrar a misericórdia em nossa consagração, ser união dos nossos corações.

A Ele, a misericórdia. A mim, a confiança. Assim, nossos corações se entrelaçam, e aqui que se dá a consagração.

Na confiança cega que tenho em sua misericórdia, afinal, por confiança e Misericórdia nos deu esse carisma, e só pode confiar algo tão sagrado a nós pela misericórdia que vê em nós consagrados.

A mim, a confiança, que se entrega a ti como a intuição e o desejo de criança. Até meu coração se tornar entranhas do Pai, a confiança atraí a misericórdia.

Oração

Santa Faustina, nos ajuda a confiar como criança no Pai, para que o nosso coração seja atração para Suas entranhas, a misericórdia que nos dignifica e chama a consagração.

Interceda para que nosso coração se dilate em confiança e se entrelace no coração de Misericórdia, até sermos um só coração.

Jesus, que a confiança do meu coração chame pela Misericórdia exposta em Sua Paixão.

Eu desejo todo dia confiar, para que minha alma se entrelace cada dia mais em seu coração de misericórdia

Faça com que sendo alvo dessa misericórdia, eu confie inteiramente nessa consagração, até me tornar apostola de sua libertação.

Leia mais:

Não sou devota de Santa Teresinha

Se você deseja contribuir com as obras de evangelização de nossa comunidade, seja amigo de nossa obra.

Giovana Belini, escritora do texto, agraciada por Deus, apóstola, pregadora, feliz por viver sua vocação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.