Blog, Formação, Palavra de Fundador

Como está o seu altar?

By

Você tem trabalhado firme para a construção de um altar digno dentro de si? Para que o Senhor possa renovar seu próprio sacrifício dentro do seu coração?

Aqui em nossa comunidade, através da vida se nosso baluarte e amigo Santo Elias, aprendemos que não podemos visitar os altares velhos de nossa existência. Altares estes que antes eram usados para queimar incenso aos ídolos, e onde situações de pecados eram reverenciadas.

 

Só há um Deus verdadeiro

No primeiro livro de Reis, capítulo 18, conseguimos testemunhar a batalha feroz entre Elias, e os profetas de Baal e de Aserá. Ou melhor, a batalha entre a santidade e a idolatria, entre a verdade e a mentira, entre a coerência e incoerência, entre a integralidade e a divisão, entre a realidade e a fantasia, entre a liberdade e a escravidão.

Nesta passagem riquíssima e muita cara à nossa espiritualidade, que chamamos de Cela, quero dar ênfase hoje no cuidado com que Elias reconstrói o altar do Senhor, que posteriormente será consumido pelo fogo que Deus mandou do céu (v. 30-35).

 

“Então Elias disse a todo o povo: “Aproximai-vos de mim”; e todo o povo se aproximou dele. Ele restaurou o altar do Senhor, que fora demolido” (v.30).

 

O primeiro pedido de Elias ao povo que estava desviado da vida de adoração ao Senhor, de santidade e de justiça que esta vida exige foi: “Aproximai-vos de mim”.

 

Elias nos leva para Deus

O convite do profeta é claro, cheguem mais perto para que eu possa ajudá-los a enxergar novamente o verdadeiro altar de adoração. O convite é para que o povo se aproxime da Palavra de Deus, de Sua moral, de Sua Tradição, e principalmente, que voltem a ter intimidade com Ele, conforme o profeta tinha.

Conosco não é diferente, Elias nosso amigo deseja que ao nos aproximarmos dele, nos aproximemos intimamente do próprio Deus. Receber para nós as profecias e exortações da parte do Senhor é fundamental e nos conduz com mais celeridade à nossa própria salvação.

 

A Restauração

A segunda atitude de Elias é restaurar o altar que havia sido demolido!

A Idolatria assolava as terras de Israel e Judá, e por consequência tudo que remetia à antiga aliança com Iahweh havia sido demolido. Não se respeitavam mais as leis, não se faziam mais adorações e sacrifícios agradáveis ao Senhor, não se cultivava mais um coração contrito e humilhado. A aliança estava rompida e aliança rompida não serve para nada.

 

“Com esta atitude de reconstrução do altar do Senhor, Elias evita qualquer contato com o altar que havia sido dedicado e associado a Baal” (Swindoll, 2015, p. 101).

 

Não há contato com o altar velho

Evitar contato com os altares velhos, eis o “X” da questão! Simples assim: não podemos se quer ver, ouvir, tocar, resvalar no que éramos antes de nos convertermos. Nada é nada! Não podemos se quer frequentar os mesmos lugares, se quer termos os mesmos amigos, claro que, se estes lugares e pessoas nos remetem aos tempos de idolatria e prostituição que vivíamos, afinal tem muita gente é lugar bom em nossa história. Mas, CUIDADO!

A terceira lição é: só há manifestação do Senhor em altares consagrados e dedicados a Ele. Você e eu somos chamados por Elias, e pelo próprio Deus, a sermos este altar que comunica ao a paixão, morte e ressurreição do cordeiro de Deus. O Senhor quer realizar a memória do calvário em nossas vidas. Alguns teólogos dizem que no Monte Carmelo já temos a prefiguração do altar das Santas Missas.

 

Elias nos diz: “Seja como este altar!”.

 

Por fim, o altar santo fora reconstruído e Deus honrou Elias, mandando fogo de céu, que consumiu a oferenda, as pedras do altar, a água do rego que fora feito em volta, e tudo mais (v. 38). Epifania. Teofania. Deus honra seus profetas e se manifesta em altares puros, sem mácula. Foi assim com Elias, Maria, Paulo, Luzia, Faustina e tantos outros.

E em nome de Jesus será assim com cada um de nós Cristo Libertador, e contigo que nos acompanha. Quem foi feito para ser altar santo, não pode se contentar em ser mesa de boteco! Que o fogo de Deus nos consuma!

 

 

Referência Bibliográfica: SWINDOLL, Charles R. ELIAS – Um homem de heroísmo e humildade. Ed.: Mundo Cristão, 2015.

Saiba mais sobre a batalha de Elias contra os profetas de Baal assistindo o vídeo abaixo:

 

 

Leia mais:

Elias, nosso primeiro amigo íntimo

#Dança – Como Elias entrar no Reino de Deus

Elias no Carisma Cristo Libertador

Santo Elias e o dom da amizade

 

Assinatura: Guilherme Maggio, filho de Deus, fundador. Casado com uma mulher linda, acredite! Pai de deus princesas lindas, acredite! Arquiteto e aprendiz de teólogo. Apaixonado por Jesus, Maria, Elias, DC e Marvel. #fogodeElias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram Access Token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.

Error: No posts found.

Make sure this account has posts available on instagram.com.