Arte e Cultura, Blog, Discípula Livre

Somos ou não somos anunciadores?

By

O fato é que o Senhor através de sua filiação divina nos elegeu não somente a filhos, mas a anunciadores da sua vida e boa nova! Aos olharmos para a vida dos apóstolos, para a vida das santas mulheres que tiveram um encontro íntimo, único e pessoal com Cristo não cessaram de guardar a experiência somente para si, se ergueram e foram anunciadores de verdade para que mais pessoas experimentassem este mesmo amor!

O DESEJO QUE IMPULSIONA

Podemos relembrar de muitas histórias, mas como estamos no ano “Dá-me de beber” vamos nos recordar da Samaritana, quem viu a série The Chosen pode se lembrar agora dos seus olhos esperançosos, cheios de alegria, entusiasmo e desejo após o encontro com Cristo! Ele foi até a samaria para encontrá-la e o desejo dela era anunciar a toda a samaria que ela foi saciada e que muitos poderiam ser saciados também.

TESTEMUNHO QUE MOVE CORAÇÕES

Vejam que esta mulher vivia cheia de vergonha e após este encontro ela não hesitou em testemunhar, ela correu o mais rápido que pode para anunciar! O que nos impede de testemunhar? Quem verdadeiramente tem um encontro com Cristo é avivado pelo desejo e anuncia em tudo o encontro que teve!

Uma vez logo após uma confissão, o sacerdote me dizia: Filha, talvez a sua vida seja o ÚNICO evangelho que alguém poderá ler! Talvez a sua vida seja o contato mais próximo de Cristo que alguém terá!

Essas palavras primeiramente deveriam nos causar constrangimento, porque ainda fazemos tão pouco, anunciamos tão pouco. Quantos pessoas se relacionam comigo todos os dia e tem uma experiência seja a mais simples que for com Cristo? Uma experiência de amor, descanso, exortação, paz, cura, esperança.

A MISSÃO

Evangelizamos semanalmente nas unidades da Fundação Casa e sempre vemos meninas e meninos que só escutaram falar de um tal de Jesus e nem sabem muito bem quem é… E nós somos esses evangelhos vivos, abertos para que as pessoas possam ler e ter experiências verdadeiras com Jesus! Ainda nos falta muito, mas isso já deveria ser um combustível para que eu queimasse e anunciasse. Hoje, falo com você, que possivelmente já teve um encontro com Cristo, ou tem ainda todos os dias. Meu irmão, quem ainda precisará acender a chama do seu coração? Se Cristo já a acendeu um dia? Quem mais te fará queimar, se Cristo já fez? Agora, tem muitos que ainda nem sequer possuem uma faísca de fogo aceso, quem acenderá? Os eleitos de Deus, os consagrados, eu e você, é a nossa missão, queimarmos como os apóstolos queimaram em pentecostes e aquele fogo se alastrou por muitas gerações, no entanto que chegou até nós. Nós somos frutos da chama desejosa dos apóstolos de Cristo!

UM CORAÇÃO ACIDENTADO

Um coração missionário, anunciador, consagrado é um coração acidentado, ofertado, ferido assim como o de Cristo! Que se feriu, se doou e se deu por cada um de nós! Um coração acidentado não é um coração egoísta, pelo contrário, é um coração extremamente misericordioso, e misericórdia é este excesso de amor, excesso de doação, excesso de entrega, excesso de desejo e de liberdade! Esse é o coração dos Santos, como é o meu e o seu coração?

Não cessemos em guardar o nosso testemunho somente para nós, o perfume precisa se espalhar e o fogo se alastrar. Tantos pedem “dá-me de beber” que seu copo seja sempre um copo transbordante dessa água da vida tão saborosa e desejosa, porque guardá-la somente para mim?

LEIA MAIS:

Dá-me de Beber

Assinatura Van

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.