Blog, Palavra de Fundador

Quem te influencia?

By

Nos primeiros meses de nosso vocacional realizamos um exercício com os candidatos, que desejam se consagrar à nossa comunidade. O exercício consiste em cada um montar uma lista de quais pessoas, vivas, ou mortas, influenciam suas vidas.

 

O principal esquecido

Nomes de familiares, pessoas famosas, pensadores, filósofos, santos de nossa Igreja, dentre outras personalidades históricas antigas e contemporâneas aparecem na lista, tudo bem-organizado e hierarquizado, a grande pegadinha é que poucas vezes aparece o nome de nosso Senhor Jesus Cristo em primeiro lugar, e em muitos casos se quer na lista.

Claro que revelada a pegadinha do teste, a vergonha e a decepção se abatem sobre os que se esqueceram de seu Divino Senhor. Triste, mas é a realidade!

Este exercício é um pequeno raio-x da sociedade que vivemos. Ou melhor, da humanidade toda. O Senhor segue sendo ignorado e botado de lado com sucesso, na figura nas principais listas mundiais de influencers, e para alguns está na caixinha do fantasioso, do ultrapassado, do desprezível.

 

Seres de relação

Somos seres de relação, e esta esfera também é determinante na constituição de nossa personalidade e caráter. Ou vou negar que parte de quem sou aprendi e herdei de meus pais? O autoconhecimento serve para conhecermos e ordenarmos as cadeiras de nosso auditório de vida, e só com esta ciência e ordenação chegarei à plenitude de quem nasci para ser.

Após passado o baque inicial da lista, que contém nomes que não servem para influenciar nem os animais, apresentamos a lista ideal que perseguimos em nossa comunidade: Jesus, Maria, Elias e por aí a fora. Formação de cerca de oito anos para que esta lista seja verdadeira, demonstrada com nossas vidas e não apenas nomes em papéis.

 

E sua lista?

Gostaria de te convidar a fazer este exercício de maneira honesta e sincera. Quem te influência? Peça ajuda ao seu diretor espiritual, porque muitas vezes confundimos pessoas e até personagens com Jesus. Não somos bons juízes de nós mesmos. Criamos o nosso Cristo, e isso é perigoso. Eu já contei aqui como confundi Jesus com o Batman. Tem gente achando que o Lula é Jesus, aliás, ele mesmo disse que sofreu mais que Cristo. Bom, deixa isso para lá.

 

Faça sua lista, e se Jesus não estiver no topo, desperte e busque se converter. Se os demais ocupantes da lista não apontarem para Jesus, também não servem para ti. No fim a lista pode até ser extensa, mas deve ser resumida em um só nome: JESUS!

 

LEIA MAIS:

Duas dicas para não sermos enganados pelo anticristo!

A raiz profunda e madura permanece

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.