Blog, Somos Igreja

E quem vai cuidar de mim?

By

E QUEM VAI CUIDAR DE MIM?

Nas últimas semanas essa frase surgiu no meu coração e na minha mente, e com isso, o Senhor me levou numa profunda reflexão.

As vezes nos pegamos presos demais ao nosso discipulado de forma errada, querendo sempre ser lembrado, ser cuidado, ser visto e preocupados demais com coisas fúteis. Mas esse é o caminho oposto do que Cristo me pede, para que eu viva hoje, a consagração ao meu carisma.

O MEU PRÓPRIO UMBIGO

Essa provavelmente é uma das frases mais egoístas que eu já pensei, e o quanto isso me deixa escrava de mim mesma.

Preocupada a todo custo comigo, querendo que os outros tenham pena de mim, escondida atrás de um vitimismo e medo fajuto.

O CONSAGRADO CUIDA

Pois é, e mais uma escama caia dos meus olhos. Como cristão e alguém que busca ser uma consagrada, é ilógico eu pensar sempre em querer ser cuidada e me doar só um pouquinho a minha vocação e ao meu alvo carismático. É incoerente.

 É TUDO OU NADA

Ou eu dou tudo que tenho, e paro de buscar consolação temporal ou eu largo tudo de uma vez. Ficar com reservas não é uma possibilidade mais.

Querer ser tratada como criança não é mais um caminho, pois elas precisam de cuidados básicos e atenção. Mas eu sou chamada, sou eleita, a ser essa que cuida e que se sacrifica, assim como Cristo fez! Assim como todos os santos e mártires fizeram!

NADA TER, PARA TUDO DAR

Em uma de suas pregações que acompanhei, minha irmã de comunidade pregava sobre: Nada ter, para tudo dar. E ela dizia, eu não tenho nada mesmo, até mesmo aquilo que eu acho que tenho, é graça.

E é exatamente isso, eu preciso confiar n’Ele e acreditar que à medida que eu dou tudo, Ele se torna meu Tudo.

Em meio a realidades tão caóticas, eu preciso me doar por completo para que outros vejam esperança de salvação em mim.

Porque simplesmente foi isso que Ele fez. Tirou os que estavam no caminho errado, e os levou para o caminho do Céu.

Jesus, ensina-me a me doar como Tu fizeste naquela Cruz. Dai-me a graça, de permanecer fiel ao meu chamado e de cuidar daqueles que me confiaste.

Ensina-me, a amar!

Julia Dias – Discípula e Membro de Vida CACL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.