Blog, Igreja, Testemunhos

O zelo por tua casa me consumirá

By

 

É com alegria que venho testemunhar uma grande missão na comunidade Cristo Libertador. 

Temos um verbo onde rezamos pedindo sempre a Deus o discernimento para realizarmos nosso apostolado: RECUPERAR, este verbo é dedicado a um baluarte de nossa comunidade, a Santa Luzia, ela que teve seus olhos arrancados e pela graça de Deus conseguiu tê-los de volta, Ele que recupera hoje nossa visão espiritual e humana. 

 

SERVIÇO 

Não é coincidência que hoje cuido da capela Santa Luzia, fui convidado para ser o ZELADOR. Sem ter experiência alguma nesta área, sempre trabalhei em gráfica, precisei aprender e ainda venho aprendendo muitas coisas, uma delas é que ser zelador não é apenas cuidar da pintura ou atividades manuais, e sim ter zelo pela casa do Senhor. 

 

Nossa capela estava em um estado de desespero em todas as áreas: paredes, piso, telhado, portas, janelas, portão, calçada, etc. Então, iniciamos a grande reforma, que já estava no coração de nosso fundador. Foi um grande desafio para toda comunidade, pois nunca saberíamos como se daria essa recuperação, mas quando Deus nos chama é ele quem irá capacitar a realização de sua obra. 

 

A MISSÃO 

Tive um começo interessante sendo zelador, creio que esta palavra deriva da palavra zelo, e sobre o olhar de Santa Luzia, queria e quero ser zeloso por aquilo que Deus me confia. 

 

Comecei então a restaurar um portão que já estava em estado de decomposição. Lixa aqui, lá, e pensava “Vai ser moleza!” (inocente, não sabia de nada). Sem experiência nisso, mas com vontade de ver algo novo, recuperado, lixei por uma semana mais ou menos, e sempre que chegava um discípulo da comunidade, dizia “Você ainda está aí?”. Depois iniciei a pintura, e refleti muito, é isso que Deus quer fazer na minha vida e na sua, para que purificados, ele mesmo possa passar o zarcão, como o Espírito Santo, para que o acabamento seja perfeito. É isso que Deus faz, Ele tira a ferrugem de uma vida velha, uma vida passada, podre, onde o ferro está quase quebrando, é como o zarcão, o Espírito restaura, dá uma vida nova, um brilho novo, uma visão nova.

 

Depois que comecei a pintar o portão, pensava “Que trabalho dá pintar portão!”, mas quando terminei, veio uma satisfação de algo realizado! Imaginei Deus pintando minha vida com todo zelo, cuidado e carinho, sem deixar escorrer a tinta, ele espera o tempo que for para secar e assim dar outra mão de tinta, ele faz tudo certo, com calma, que maravilha, é bom saber que Deus tem esse cuidado e essa paciência com nós. Ele olha todos os detalhes, isso posso dizer do fundador, que olhos ele tem, com certeza Santa Luzia está sempre dando dicas a ele. 

 

TUDO NOVO 

Tudo isso irmãos é para a honra e glória de Deus. Não há portão enferrujado que Deus não possa recuperar, não há vida que ele não possa transformar. Hoje podemos dizer “Olha o que era essa capela e como está agora”. 

 

Somos zeladores de almas, de vidas, temos essa missão na vida de meninos e meninas que atendemos e cuidamos da Fundação Casa. Seja um zelador em sua casa, no trabalho, na escola e na comunidade, cuide e olhe com olhos ESPIRITUAIS, deixe Santa Luzia curar seus olhos. Tenho muito a falar ainda, mas acho que consegui expressar tudo o que queria. 

 

Jesus por intercessão de Santa Luzia vem em socorro de nossa visão, recupera em nós o brilho da imagem de Deus. Ele que é o autor!

É uma honra ser zelador da capela e ser formado por Santa Luzia, e por toda comunidade. Hoje podemos dizer “Olha o que Jesus fez!!!”

 

Aridércio Santos – Filho de Deus, casado com a Fabiana, pai de quatro filhos, discípulo e zelador da Capela Santa Luzia. 

LEIA MAIS: 

Eu não sou excluída, sou exclusiva! – Testemunho Elisangela

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.