Um Lugar Silencioso
Arte e Cultura, Eu Sou Cultura

Monstros do Barulho

By

Onde fica o seu lugar de silêncio, aí fica a sua segurança contra os monstros do barulho.

Eu vejo essa como a mensagem principal que o suspense “Um Lugar Silencioso” nos apresenta. No filme, em um cenário apocalíptico, poucas pessoas sobrevivem, pois existem monstros com a audição super aguçada que se aproximam e matam ao ouvir algum som.

Na vida real, o cenário é um pouco diferente, mas os mesmos monstros existem e da mesma forma o nosso barulho tem matado, mas nós nem isso percebemos.

Barulho

Existe tanto barulho, tanto ruído em nossas vidas e nós somos amplificadores desses sons. É o som da Tv, do rádio, do Youtube, o barulho das redes sociais e tantos outros que no exagero com o qual usamos só nos afastam de nós mesmos. E aí está a morte.

Eu posso não saber quem sou, mas os monstros sabem, e se eu não sei quem sou, não sei minhas fraquezas, logo, então, o monstro aparece com uma armadilha e eu caio fácil, fácil… Morte.

Silêncio

O silêncio permite que os mais suaves detalhes sejam encontrados. No silencio, até o barulho da cadeira do cinema é percebido. No silêncio, as minhas feridas são percebidas. No silêncio, o meu eu é percebido. No silêncio, a voz de Deus é percebida e mais, a intimidade com Deus aflora. No silêncio, os monstros não conseguem te encontrar e se te encontram, você sabe que são eles e aprende a não cair mais nas mesmas armadilhas.

Encontre seu lugar!

Nós queremos falar muito, fazer muito barulho, mais barulho que o outro, para sermos mais notados, mais reconhecidos. Então os monstros se aproveitam disso e… Morte.

No filme, o som só passa a ser um aliado quando é um som que perturba os monstros e os torna vulneráveis, mas esse som só é descoberto depois de muito tempo em silêncio.

É no silêncio que os sons que valem a pena são encontrados. É o som que não fere nenhum humano, mas destrói qualquer monstro.

Vida!

O filme já mostrou o cenário. Os monstros estão à solta, sempre famintos de almas barulhentas, basta a escolha de cada um: Ser devorado igual a maioria das pessoas ou se esconder no silêncio até que o som certo apareça, até que o verdadeiro você apareça, e aí amigo, não tem monstro/demônio que aguente ouvir o som do verdadeiro eu que está sob o manto de Maria, a Virgem do silêncio e sob o olhar de Deus… Vida!

Aproveite e vá assistir ao filme!

Ingressos: https://www.ingresso.com/sao-paulo/home/filmes/um-lugar-silencioso#!#data=20180508

Deus te abençoe, no silêncio.

Trailer: 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.