É Fogo

Ciúmes, tempero da relação?

By

Uma palavrinha tão pequena, mas que já gerou brigas por horas. Muitos de nós já ouvimos falar que o ciúme é o tempero da relação, não é mesmo? Será que sem ciúme há amor de verdade? Como será uma relação sem ciúme?

O Tempero do capeta

Isso é uma cilada, Bino!

O ciúme é o tempero de muitas relações, isso não podemos negar, o tempero do capeta.

O capeta tem lá suas estratégias para conseguir seus objetivos, e se o objetivo é destruir as relações e separar os filhos de Deus, o ciúme entra no jogo.

Um sentimento disfarçado de algo “normal”, “natural”, e até “bom”. Afinal, se meu namorado não tem ciúme de mim, será que ele me ama de verdade?

Eu preciso te dizer hoje, abençoado de Jesus, é uma cilada!

Vamos pensar juntos… o ciúme para existir precisa ser alimentado por algo, ele não surge do nada e seu alimento principal é a desconfiança, insegurança e inveja. O que tem de bom em desconfiança, insegurança e inveja? NADA! O que tem de Deus nisso? NADA!

Mentira deslavada!

Logo, não é saudável sentir ciúmes no relacionamento. Isso é mentira deslavada que o demônio te contou.

Por conta de um ciúme tão enraizado nas nossas relações, estamos colhendo frutos doentios nas nossas amizades, família, namoro, casamento. Frutos de dependência afetiva, infelicidade, inveja, aprisionamento.

Se eu namoro, meu namorado (a) não pode curtir as fotos de ninguém, só as minhas. Se eu tenho amigos, eles não podem conversar e sair com mais ninguém, apenas comigo. Os meus pais não podem presentear meu irmão, sem dar algo igual ou melhor pra mim também.

E aí, nem Deus se livrou desse nosso ciúme doentio e olho para meu irmão de comunidade e sinto ciúmes pelo que faz. “Ah, ele é o prefiridinho”, “só ele faz as coisas”.

Meu irmão, Deus sonhou para nós a LIBERDADE! Um amor livre, uma vida livre, temos que lutar contra tudo que nos tira essa liberdade e o ciúmes é uma dessas coisas.

Já pensou?

Já pensou se os apóstolos ficassem com ciúmes um do outro? João ficasse com ciúmes que Jesus escolheu Pedro para fundar a Igreja? Pedro ficasse com ciúmes de João que era o discípulo mais amado? Tomé ficasse com ciúmes de Maria Madalena porque Jesus apareceu ressuscitado pra ela antes de todos?

E muitas vezes, fazemos isso nas nossas comunidades, nos nossos namoros, nas nossas amizades e, ao invés de vivermos o momento, ficamos querendo viver o momento dos outros e nos prendemos à insegurança.

Ficamos com ciúmes, não vivemos o nosso momento e ainda sofremos com o momento que meu irmão está vivendo, isso não é liberdade e muito menos amor de verdade.

Devemos nos alegrar com os momentos bons e felizes dos outros. Amigo mesmo é aquele que se alegra com a felicidade do outro. Sofrer junto é fácil, quero ver se alegrar pela grama mais verde do vizinho…

João estava ali com Jesus, isso bastava, não estava se preocupando com os momentos que Pedro teria com Jesus, Pedro a mesma coisa, aproveitava os momentos que tinha com seu mestre.

Xô insegurança!

#DicadaGigi Se você está inseguro com alguma coisa no seu relacionamento, senta e conversa. A conversa pode resolver isso, o ciúme não!

Converse muito e reze. Se estiver difícil, peça para Deus te curar da insegurança que sente, da inveja que tem do irmão, da desconfiança em alguma situação, para que o ciúme não contamine mais suas relações, e assim, deixa o amor livre, gratuito fecundar os nossos relacionamentos e consequentemente a nossa vida

O amor verdadeiro é a cura de todo ciúme!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.