Blog, Formação, Igreja, Palavra de Fundador, Sede Fecundos - Pais e Filhos, Somos Igreja

A vida consagrada e o novo das famílias

By

Você sabia que o novo que nós Novas Comunidades trazemos para o seio da Igreja é a resposta ao desafio de sermos famílias consagradas?

Isso mesmo. Olhando para o histórico da vida consagrada desde a encarnação de Jesus Cristo, nunca antes o Espírito de Deus havia suscitado esta novidade no coração de sua Igreja.

Através de um carisma específico, esposos, casais casados com seus filhos, tem buscado viver como os primeiros cristãos. Obvio que segundo seu estado de vida, e inseridos na sociedade contemporânea que vivemos, todavia com a mesma veemência e veracidade.

Vamos olhar para o histórico da vida consagrada, e perceber com maior clareza o que o Paráclito de Deus vem organizando ao longo da historia.

Histórico da Vida Consagrada

1o Momento – Séculos I e II d.C. – Virgens Consagradas

Na antiguidade, na cultura pagã, algumas jovens eram separadas e oferecidas em holocausto aos deuses pagãos.

Nos primeiros séculos (I e II), as jovens virgens, de maneira informal, se consagram à Deus, e rejeitam a vida matrimonial para se dedicar totalmente ao amor pelo Senhor Jesus, e por isso eram martirizadas. Ex: Santa Águeda e Santa Luzia, que é nossa baluarte.

A NOVIDADE QUE ELAS TRAZEM PARA A VIDA CRISTÃ:

1. Virgindade;
2. Maternidade espiritual;

2o Momento – Século III – Eremitas

Homens geralmente jovens, cultos e ricos, que conheceram o cristianismo e se encantaram por Jesus.

Eles se retiravam, iam para matas, desertos, lugares ermos, se isolavam PARA ESCUTAR DEUS. Eram consultados por reis e pessoas que queriam beber de sua sabedoria de Deus.

Ex: Santo Antão, pai do eremitismo. Jovem rico que diante da passagem do jovem rico, larga tudo.

Seguem sem contrair o matrimônio como as virgens consagradas. No inicio apenas leigos. Não haviam sacerdotes.

A NOVIDADE QUE OS EREMITAS TRAZEM PARA A VIDA CRISTÃ:

1. Vivem fora do templo, das Igrejas e do mundo onde acontecia o cristianismo;

2. Tratados: Lectio Divina / Direção Espiritual / Combate Espiritual;

3o Momento – Séculos III e IV – Monaquismo Organizado

Era necessária organização para ordenar as ordens que iam surgindo devido ao grande número de pessoas que se sentiam chamadas ao erimitismo.

Além de nesta época o cristianismo ter se tornado a religião oficial do Império Romano, o que trazia facilidades, mas também trouxe um grande relaxamento moral por parte dos neo-convertidos.

Ex: São bento (Beneditinos). Vai do III ao IV século, o seu inicio. Porém vindo até hoje.

NOVIDADES TRAZIDAS PELO MONAQUISMO:

1. Inicio da vida comunitária;
2. Inicio das regras;
3. Monjas de clausura – Mulheres – Ex: Santa escolástica – Vida comunitária feminina;

4º Momento – Séculos X à XV – Ordens Mendicantes

Ordens importantes:
 Franciscanos – 1210 d.C  Inauguram a evangelização dois a dois;
 Dominicanos – São Domingos de Gusmão. Ordem de pregadores. Estudo e profundidade de conhecimento;

NOVIDADES TRAZIDAS PELAS ORDENS MENDICANTES:

1. Sair do claustro para evangelizar no mundo;

5º Momento – Séculos XVI à XVII – Ordens Contra – reformistas (reforma – “Lutero”)

Divisão gerada pelo protestantismo. Interesses econômicos em alta. Lutero era mau formado e com visão distorcida da santidade.

Papa Paulo III  convocou toda a Igreja para condenar o protestantismo, reafirmar os dogmas e reformar os costumes. Então surgiram os seminários e o celibato sacerdotal, exemplos:

Santo Inácio – Jesuítas;
Santa Teresa D`Ávila – Carmelos;

NOVIDADES QUE AS ORDENS CONTRA REFORMISTAS NOS TROUXERAM:

1. Voltar ao absoluto, à ordem antiga;
2. Evangelização dos povos e retomada do catolicismo;
3. 4º Voto  fidelidade ao Papa;

6º Momento – século XVIII e XIX – Congregações religiosas

Obras dedicadas à vida apostólica e obras de caridade. A sociedade estava assolada por pestes, doenças, guerras, ditaduras imperiais. Ex: São João Bosco / Madre Teresa de Calcutá;

NOVIDADES QUE NOS TROUXERAM AS CONGREGAÇÕES RELIGIOSAS:

1. Cuidar do homem inteiro: Corpo e alma

7º Momento – Século XX – Sociedade de Vida Apostólica

Leigos sem votos religiosos, com vida apostólica no meio da sociedade e vida comum. Ex: Arautos do Evangelho.

NOVIDADES QUE NOS TROUXERAM:

1. Leigos na sociedade;

8º Momento – Século XX – Institutos Seculares

Tudo que tem nas sociedades de Vida Apostólica. Leigos, vivem os conselhos evangélicos, e cumprem o compromisso batismal no meio secular. Ex: Ópus Dei e Focolares.

NOVIDADES QUE NOS TROUXERAM:

1. Profissionais no mundo;

O 7º E O 8º NASCERAM POUCO ANTES DO CONCÍLIO VATICANO II, MAS O “BOOM” FOI APÓS O CONCÍLIO.

9º Momento – Século XX – Novas Fundações ou Novas Comunidades

Uma mistura de tudo que já aconteceu até hoje. Um pouco de cada um dos já surgidos até agora.

NOVIDADES QUE TRAZEMOS:

1. Casais ou casados consagrados;

Combate das crises de: maternidade / paternidade / da manutenção do autêntico magistério da Igreja / da autenticidade da palavra;

Conclusão

Depois de olhar para este histórico, espero que você tenha ficado como eu, de boca aberta por saber que somos protagonistas do novo em nossa Igreja e mais ainda, que existe sobre nós uma responsabilidade imensa, afinal, independente de nossos carismas, o Senhor levanta nossas comunidades para restaurar a família, base de qualquer sociedade que queira ser séria, promissora e santa.

Basta olhar para os alvos de cada carisma e verás que apesar das diferenças, os problemas parecem sempre nascer da deficiência nesta base fundamental.

Menores em conflito com a lei, moradores de rua, prostituição, drogadicção, abusos e mais abusos em várias áreas com vítimas de todas as idades, tudo começa na ausência, ou em uma distorcida base familiar. São raríssimas as exceções.

“As famílias constituem o primeiro lugar onde nos formamos como pessoas e, ao mesmo tempo, são os ‘tijolos’ para a construção da sociedade” (Homilia na celebração do matrimônio de 20 casais na Basílica de São Pedro, em 14 de setembro de 2014).

Alvo do demônio

Tudo aquilo que é a novidade para a Igreja o demônio tentará destruir. Foi assim em toda história da Igreja, quando surgiram as virgens consagradas, elas foram perseguidas e muitas martirizadas por essa escolha.

Os eremitas sofriam grandes perseguições, inclusive própria do demônio, é só lermos os relatos de Santa Antão que conta o quanto apanhava do demônio.

E o que o demônio quer destruir na atualidade? Aquilo que é novidade, isso é, as famílias. Por isso, que as famílias são tão atacadas ultimamente, com tantas ideologias e tirando o Senhor do seio familiar.

O demônio fará de tudo para destruir as famílias, pois é essa primavera da Igreja nesse tempo, para que as portas do inferno nunca prevaleçam. Precisamos permanecer firmes, assim como nossos irmãos permaneceram, para que isso seja sustentado e realize a obra de Deus.

Não desista irmãos, tenham famílias santas. Essa luta não é só por nós, é por toda a Igreja. Se recebemos as graças dos monges hoje, é porque eles lutaram para que pudesse permanecer na Igreja, se podemos colher os frutos das virgens consagradas, é porque elas derramarem o seu sangue para permanecer na Verdade.

A nossa permanência na vontade de Deus, fará que muitos colham o fruto dessa graça.

Somos uma resposta providencial para este tempo, já dizia São João Paulo II, então, bora buscar a santidade para nossas famílias, para que então nossos filhos possam crescer e vir a ser os santos que darão a vida por Jesus e Seu Reino amanhã.

Conheça mais sobre o nosso Carisma em nosso site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram access token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.

Error: No posts found.

Make sure this account has posts available on instagram.com.

Click here to troubleshoot