Blog, Igreja, Somos Igreja

Maria, aqui e agora para nossa salvação

By

Desde a anunciação até ressurreição! Maria, a serva do hoje e sempre!

É difícil cumprir com a vontade de Deus? Eu diria que, antes, o difícil é escutar a Deus se não estivermos na docilidade do Espírito. O que não aconteceu com Maria, escolhida por Ele, humilde, cheia de fé, esperança e caridade.

E ela concebeu do Espírito Santo!

Para muitos, Maria não passa de uma mulher que, simplesmente, gerou Jesus Cristo e só. Não!

Maria é a mulher que mesmo com todos os seus medos e sentimentos humanos, disse SIM ao projeto salvífico de Deus. Ainda muito jovem, recebeu o anúncio do anjo Gabriel, sobre a promessa de Deus, acolheu e gerou o nosso Salvador.

Só é possível acreditar que todo esse fato aconteceu, se estivermos de coração aberto, deixar-mo-nos ser tocados pela experiência divina.

Certa vez escutei que “se alguém quiser explicar quem é Deus, duvide! Sabe por quê? Deus não se explica, se vive, se sente.” O Amor é assim, sem explicação.

A ação da Palavra de Deus!

Maria é esse amor, sem cobrança, gratuito, sem vaidade, puro, singelo.

Ela é parte essencial da ação de Deus para cada um de nós pecadores. Como não se envolver por um ser brando, de coração íntegro como esse? Como crer em Jesus, sem aceitar sua história? É muito superficial, é uma fé rasa.

Só amamos alguém, se a conhecermos.

Precisamos conhecer a mãe do nosso Mestre para poder amar e ter intimidade com ela, e também com Ele.

Ela é íntima Dele, faz parte da nossa história, vive do nosso lado e nos segura pelas mãos para caminharmos, igual mãe mesmo.

Já imaginei, por diversas vezes, Maria falando: “vai filha, segue seu caminho… creia no chamado de Deus para sua vida… eu estou aqui junto contigo, orando por você!”

Sempre que assisto a Paixão de Cristo (do diretor Mel Gibson), a parte que mais me toca é quando Jesus cai com a cruz e Maria está ali, a trocar um olhar com Ele e nada pode fazer com suas mãos ou voz, mas confiar, crer na missão de Jesus, na salvação!

Olhemos para a história de Maria

Muitas vezes, caímos no egoísmo de olhar apenas para nossa história e murmurar, reclamar, dizer que não somos amados, “minha mãe, meu pai, eles não me dão carinho como eu quero, nem me olham, me abandonaram…”

Todavia, não somos capazes de olhar com carinho e ver como foi a história dela, dos pais ou de quem for de nosso convívio. Como se deu a instrução de sua vida.

Na verdade, queremos ser olhados, mas não olhar! Queremos misericórdia, mas não somos misericordiosos! Aonde está nossa compaixão? Ter paixão pelo outro parece ter se tornado um crime, um adultério, um desprezo, termo anulado no vocabulário.

É assim que se faz com Maria, despreza-a, não se dá importância para sua história por aí, o significado da sua vida, ou só a recorrem no ato de desespero.

Definitivamente, se olhássemos para essa mulher santa, imaculada, valiosa, obediente, solícita, modelo de esperança, completa em todas as virtudes, certamente, jamais reclamaríamos de ausência de sentimentos maternos, de colo protetor e carinhoso.

Permitiríamos, no livre acesso e sem reservas, que ela ensine, advogue, interceda, plena e constantemente, por nós. Porque é isso que ela faz, sem nunca nos faltar. De fato, é a serva do Senhor: “Eu sou a serva do Senhor, faça em mim segundo Sua vontade.” (Lc 1,38)

Coração Imaculado 

Maria é aquela que gerou a salvação por Jesus, é a primeira que experimentou o Espírito Santo no novo testamento.

Coração de mãe igual a esse, não há! Temos nossas mães aqui na terra, ricos instrumentos de Deus, onde, independente de dificuldades ou facilidades, fomos gerados, pelo sim ao dom da vida e hoje estamos aqui para dar continuidade aos planos do Senhor.

Entretanto, há um ventre santo, único e comum a nós, que sofre desde a maternidade, e nos ensina a sermos firmes em nosso chamado, abraçar a nossa fé e com amor seguir até o fim, pelo Reino de Deus.

A intimidade com Maria nos leva diretamente a Cristo! Ela nos conduz a Ele, aos Santos dos santos! Sabe por quê? Porque ela é cheia de graça, o Senhor está com ela!

É fantástico saber que eu e você temos uma mãe espetacular, que faz, age e transforma a mais intensa dor, no mais Belo AMOR.

Uma intercessão diária

Desde quando decidi não mais trabalhar fora de casa e me dedicar à minha família, minha relação com Maria tem se intensificado.

Sobretudo, no tocante a participar mais de perto na educação como um todo dos meus filhos e poder na tentativa, não ser a melhor mãe, a que faz tudo que o filho pede, mas de ser a mãe que cuida, fica brava, pega pela mão, e que no dia a dia é convidada a novamente viver a experiência de Deus, na paciência, na ternura, na mansidão, na compaixão, por meio deste relacionamento.

Viver a oportunidade de poder fazer tudo de novo com o Novo de Deus, de tentar acertar, de recomeçar, de “simplesmente” direcioná-lós ao Santo Jesus. Nada fácil nas nossas condições de escravidão humana que propriamente vivemos. Mas possível quando aceitamos no simples a presença do Tudo em tudo!

“Para Deus nada é impossível!” (Lc 1, 37)

Eu desejo, para mim e para você, um verdadeiro caminho nessa advento, com o amor de Maria que soube amar além das dores, do sacrifício, se doar e se entregar a cumprir com a vontade de Deus. Com seu “Eis-me me aqui”, aqui e agora!

Da anunciação ao nascimento de Jesus, a salvação! Ela sempre esteve e está conosco, sem nunca nos abandonar!

Nossa Senhora da Imaculada Conceição, rogai por nós!

 

Letícia Oliva – Consagrada CACL

 

Leia mais:

O Natal não é tempo só de festa

 

Maria, caminho da humildade!

Para saber mais sobre o nosso carisma, acesse: https://cristolibertador.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.