Palavra de Fundador

Leigo sim, largado não! Temos uma mãe!

By

por Guilherme Maggio –

A paz, amados e amadas, que nos acompanham! Não sei quanto a você, mas por vezes, eu me senti abandonado, em meio à situações, onde meu ministério, estava sendo contraposto por um padre, ou alguém mais velho na caminhada, com opinião adversa a minha, ou da coordenação de um dos grupos que já participei. Pra variar, como na sociedade civil, às vezes, achamos que a corda sempre vai estourar do lado mais fraco, e por isso recuamos, mesmo estando certos, sobre um ponto de vista! Vejam não estou falando de DESOBEDIÊNCIA, estou falando de direitos e deveres, que nós leigos, temos e devemos usufruir, afinal, foram criados para nós! Somos parte da Igreja de Cristo, e parte importantíssima, somos o povo que caminha!

O Código de Direito Canônico, (em latim Codex Iuris Canonici; CIC) é o conjunto ordenado das normas jurídicas, que regulam a organização da Igreja Católica Romana (de rito latino), a hierarquia do seu governo, os direitos e obrigações dos fiéis e o conjunto de sacramentos e sanções que se estabelecem pela contravenção das mesmas normas. Sendo mais direto, é tudo que podemos e não podemos fazer do ponto de vista jurídico!!! Leigos e Clero, são contemplados por este código. Óbvio que não vamos estudar todos os pontos aqui, mas para ciência geral, é neste documento que está escrito como, e quem pode batizar, como as novas comunidades devem se organizar, como os padres podem ser ordenados, e muitos outros assuntos.

Por exemplo, o batismo que é sempre polêmico… vejamos um dos parágrafos, ou melhor um dos cânons (como são chamados cada um dos itens que compõe o código):

Cân. 855 — Procurem os pais, os padrinhos e o pároco que não se imponham nomes alheios ao sentido cristão.

Pelo cânon, acima, até o nome do batizando, não pode ser qualquer um, isso para vermos o rigor e organização magnífica desse documento! A nossa Igreja é magnifica e protetora, não acham? Eu me apaixono a cada dia por ela! Ah o código está disponibilizado totalmente neste link: https://www.vatican.va/archive/cod-iuris-canonici/portuguese/codex-iuris-canonici_po.pdf . Só baixar!

Por fim, quero salientar que este é mais um documento de nossa igreja, que visa a fraternidade entre os irmãos, a santificação do povo (leigos e clérigos), e que quer por excelência, conduzir de maneira clara e justa nossa vida de fé, e de Igreja que somos! Aqui podemos nos amparar em momentos de angustias e perseguições! E mais do que isso, de posse do conhecimento e da liberdade que este documento nos traz, lutar para que a cada dia, nossa igreja seja sempre UNA, SANTA, CATÓLICA E APOSTÓLICA! Comunhão eis a palavra de ordem.

Semana que vem vamos falar sobre Novas comunidades e usaremos este documento, fique por aqui! Fogo de Elias!