Blog, É Fogo

De quem é a minha cura?

By

Esses dias eu conversava com uma pessoa, e ela contava o quanto o carisma Cristo Libertador já tinha curado sua vida, e seguindo nesse caminho de consagração cada vez mais a curava.

De fato, um carisma autêntico cura a vida daqueles que o tocam.

Como meu carisma tem me curado nesses últimos anos. E não só ele, como outros que já tive contato me curam.

Ao entrar em contato com o carisma Do Caos a Glória fui curada, inclusive foi através dele que eu fui despertada e assumi minha vocação. O Carisma da Comunidade Oasis também já foi cura em minha vida, da Aliança de Misericórdia… como tantos outros.

Porém, a questão é, não é porque o carisma me cura que ele é meu carisma. Veja, quantos carismas já fizeram parte de processos de cura e libertação em minha vida… Muitos! E, não por isso eles se tornaram o meu carisma.

O carisma é o próprio Cristo 

Dizem alguns teólogos de nossa Igreja que na junção de todos os carismas se dá o próprio Cristo, pois Nele há união de todos os dons e carismas existentes, todas as espiritualidades, regras de vida, há tudo Nele como se cada carisma fosse a peça de um grande mosaico.

E por que todo mundo não vive um único carisma?

Poderíamos nos aprofundar em diversos motivos, mas de maneira breve e simples.

Primeiro, porque um carisma surge para atender uma necessidade específica. E não há só uma necessidade no mundo.

Por exemplo: surgimos para atender as realidades de escravidão humana, de maneira específica evangelizar dentro das Fundações CASA e ter uma casa de restituição para as meninas que desejam mudar de vida, ao saírem.

Segundo, porque a partir dessa necessidade há um povo específico que possui esse carisma.

Acreditamos que você não adquire um carisma ao longo do tempo, você nasce com ele.

A cura que se dá

Ao entender isso, enquanto essa pessoa partilhava comigo suas curas em relação ao contato com o carisma, Jesus colocava em meu coração:

Um consagrado não possui nem a sua própria cura

Até a cura de um consagrado é de doação para o outro, ou seja, como consagrado ao carisma Cristo Libertador, o Senhor vai me curando durante toda a minha vida, e essa cura não é só para mim.

No final, essa cura é para que como mulher mais curada, eu alcance as meninas da Fundação CASA de maneira mais pura, leve, livre e santa, e assim, seja para elas modelo de mulher para mudarem de vida a partir do contato com o carisma, pois é esse carisma que me faz ser essa mulher.

A minha cura como consagrada é para elas.

Deus me dá uma cura para que até ela seja doação ao outro.

A cura que se dá, Deus me dá e não só dá a mim, dá ao alvo de meu carisma.

Com isso, perguntei a pessoa:

Ótimo que esse carisma te cura! Mas isso não quer dizer que você o tem, você está disposta a dar até essas curas para as meninas da Fundação CASA?

Se sim, aqui é seu lugar e seu caminho de fato é no discipulado da comunidade.

Se não, tudo bem. Não há problema, quer dizer que esse carisma foi instrumento de cura para você e o meio que Deus usou.

Caminho de cura

Há um tempo atrás, Deus me inspirou uma explicação sobre consagração que usarei durante muito tempo, pois para mim ficou muito claro. Então se preparem que verão eu repetir muitas vezes essa definição rsrs

Um carisma é o meio de transporte para os consagrados chegarem ao céu.

Pensa que você precisa chegar na Avenida Paulista, e coloca no GPS, porém o trajeto pode mudar de acordo com seu meio de transporte. Se você for andando será um, de ônibus outro, de bicicleta, de carro… Ainda que sejam caminhos diferente, no final, todos levarão para a Avenida Paulista.

O céu é o nosso destino final, e os transportes são os diversos carismas existentes, ainda que com caminhos diferentes, todos bem vividos tem como objetivo chegar a um único lugar, o céu.

Quem assume o caminho de um carisma assume aquele transporte para si.

Por exemplo: quem escolhe a opção no GPS de ir de bicicleta para a Avenida Paulista, precisa assumir aquela bicicleta, precisa assumir que terá que pedalar, que nas subidas será mais difícil, que terá que usar capacete e por aí vai.

Um consagrado de um carisma assume as regras de vida, as formações, o apostolado, a espiritualidade, a vida fraterna de um carisma. Cada uma dessas bases do carisma são os caminhos de acordo com o meio de transporte.

Porém, há aqueles que possuem experiência com o carisma para chegar a algum lugar, por exemplo, para serem mais curados.

Esses não necessariamente assumem o carisma como seu, para esses, seria como pegar um Uber. O Uber leva o passageiro a um local, porém após a corrida o veículo não se torna do passageiro.

Para alguns, o carisma será transporte de cura para sua vida, e não necessariamente serão os consagrados do carisma.

A questão é, você está disposto a dar até sua cura recebida pelo carisma? Se sim, pode ser que você seja um consagrado dessa comunidade.

Se não, pode ser que aqui é só um meio de transporte que Deus providenciou para que você alcance curas necessárias.

 

Leia mais: 

Geri suas crises, ou sua vida irá à falência

A grandeza de um homem está em proteger

Se arrume para amar

1 Comment

  1. Avatar
    Carol Quinteiro

    Nossa isso é tão real !!! Sou parte de uma Missão que caminha para um dia ser Comunidade, e uma das fases que mais se repetem é a que, em um direcionamento espíritual, foi apelidada de ” Purificação do Carisma”. Muitas pessoas vão saindo, uma depois da outra, alguns que chegaram a beber da espiritualidade muito tempo e depois não se encaixaram mais no trabalho, se fadigaram, enjoaram, enfim. E quando a gente se questionava qual era o problema, a resposta unânime era sempre ” fiquem em paz porque se foram embora é porque eles nunca foram parte de verdade”(nosso diretor ainda ri e fala que devíamos nos acostumar) . Muitos se aproximam o tempo todo, alguns inclusive na intenção se trabalhar de fazer parte, mas com o tempo percebemos que nos detalhes se diferenciam os que realmente são. Geralmente, são os mesmos que brotam do nada, e do dia pra noite vc já se adaptaram tão fácil que ninguém mais diferencia dos que já estavam…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram Access Token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.

Error: No posts found.

Make sure this account has posts available on instagram.com.