Como Elias, encontrar a liberdade de filho de Deus!
Arte e Cultura, Discípula Livre

Como Elias, encontrar a liberdade de filho de Deus!

By

Elias foi amigo, profeta, obediente, humilde, forte e orante.
Ele anunciou e denunciou, fez cair fogo.
Hoje é santo, mas também foi homem!

Homem como nós

A história de Elias é um tanto parecida com a nossa história, hoje sendo santo e baluarte de nossa Comunidade, grandes são os seus ensinamentos. Sem sombra de dúvidas, ele foi um profeta heroico, mas como já disse, ele também foi homem, um ser humano como nós!

As vezes, olhando para a vida dos santos de nossa Igreja, imaginamos algo muito distante e para algumas pessoas é até impossível nos assemelharmos a eles.

Mas, acredite… Já pensei nisso, mas não é bem assim! Santo Elias viveu muitas coisas que nós também vivemos nesse tempo.

Elias foi provado pelo fogo. Sofreu, entrou em depressão e se isolou. Por vezes se encontrou no fundo do poço. Se ele passou por estas coisas e hoje tornou-se um santo amigo de Deus, nada impede de lutarmos para sermos também.

Dia após dia precisamos encontrar a nossa liberdade nas tempestades, em momentos de solidão, diante das tribulações e também nas alegrias, assim como Elias encontrou.

Objetivo

Com tantas adversidades e propostas que a cada dia nos são oferecidas, devemos nos lembrar sempre: O maior objetivo de todo cristão é ser como o Cristo. Assim conseguiremos conquistar novamente a liberdade pura que na Cruz nos foi concedida!

Liberdade

Eu sou filha do Fogo!

Eu sou filha do Fogo! (Foto: Danilo Rozalini)

As virtudes de Elias me fazem enxergar um “eu interno” que aos poucos se revela a um Deus que tudo sabe e que deseja ouvir e enxergar liberdade em nós.

Em Gálatas 5, 1 diz assim:

“Foi pra liberdade que Cristo nos libertou”

A liberdade já foi concedida a nós, mas é na luta diária que teremos uma nova liberdade, o prazer de já sermos livres… Nele, com Ele e para Ele!

Devemos ser desejosos da nossa libertação, para que nos desapeguemos do “lixo” que nos leva ao fundo do poço, para assim entendermos a importância de sermos um com o Eterno.

No livro “A Terra de Emanuel”, lemos um pouco sobre esse único e eterno desejo:

Não olhe para si, mas para o Noivo
Os olhos da noiva estão voltados.
Não olharei para a glória ou para o povo
Mas para o Senhor de todos os salvos.
Não olho para a coroa que receberei
Mas olharei para o Rei do céu,
O Cordeiro, Senhor com quem viverei
Na terra de Emanuel

Humildade

A vida humilde de Elias nos impulsa a sermos como Jesus: fortes diante das aflições e esperançosos em meio ao caos do mundo.

Por fim, trago um trecho do livro “Elias – um homem de heroísmo e humildade” que fala assim: “E com isso em mente, tiraremos nossos olhos daqueles que querem a glória, voltando-nos para Aquele que dá a graça”

Eu sou filha do Fogo!

Paz e Liberdade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.