Tábua de madeira com um lanche de hambúrguer, costela desfiada e algumas outras carnes. Tudo parece muito delicioso.
Arte e Cultura, Eu Sou Cultura

Comida, eu te adoro!

By

Todas as quartas, nós da CACL fazemos jejum (deixamos de fazer uma das 3 refeições principais). E nesta quarta esse movimento me trouxe uma reflexão especial. Na verdade não foi o jejum em si, mas o pós jejum.

Eu não almocei, e como é de se esperar, no fim da tarde estava com bastante fome. Então, passado o horário do jejum, eu comi uma lata de atum (dica da nutricionista, tem que obedecer, né? hahaha).

 

 

“Nossa, parece gostoso!”

 

Nisso, uma mulher que trabalha comigo me viu comendo e disse:

“Nossa, você tá comendo com uma vontade. Eu nem gosto de atum, mas da até a impressão de ser gostoso vendo você comer.”

Demorou um pouquinho, eu sou meio lento, mas eu entendi o que Deus estava me dizendo através daquelas palavras.

À noite, adorando ao Santíssimo Sacramento eu comecei a me questionar o porquê de as pessoas não sentirem a mesma coisa em relação à minha vida de cristão?

Por que ninguém olha pra mim e mesmo sem gostar de Jesus, ou da Igreja, não sente uma vontadezinha de provar pra ver se é ruim mesmo?

 

Deus mata a fome.

 

Então, me veio essa resposta: porque eu ainda não entendi com todo meu ser que assim como a comida mata minha fome, Deus, através da Igreja supre meus anseios, cura minha alma e minha história.

Pra mim isso não é tão intuitivo. Apesar de fazer sentido, na prática eu me perco muitas vezes.

Por exemplo, quando tô irritado ou chateado, meu impulso não é rezar, mas comer. Estou buscando saciar a fome (da alma) comendo errado. E no fim das contas eu continuo irritado, chateado, só que mais gordo.

 

Eu adoro a comida, por enquanto.

 

A minha colega sentiu vontade da minha comida porque muitas vezes a comida é o meu deus. Quanto mais o Senhor for meu Deus, mais os outros o verão em mim e sentirão vontade dele.

O lado positivo disso é que algo que era mascarado foi exposto à Luz e agora pode ser iluminado e transformado.

Mas essa é a minha vida, minha mazela, minha idolatria e necessidade de conversão. Por isso eu te convido a achar a sua e colocá-la a caminho da conversão.

Eu tenho fé que a cada dia deixaremos de ser adoradores de Baal e passaremos a adorar ao Deus único e verdadeiro.

Santo Elias, interceda por nós!

Tamo junto.

 

Assinatura: Danyel Cayetano, brother adotivo e discípulo de Jesus, crítico cultural renomado (por mim mesmo). Se for para bater uma bola, conversar, rezar, assistir algo, comer ou combinar alguns desses itens, pode me chamar que eu chego com os refri! #EuSouCultura

8 Comments

  1. Avatar
    Silvana

    Ótima reflexão Dan

    • Avatar
      CACL

      Obrigado, Sil!

  2. Avatar
    Ivan “Vitor”

    Dani, que Deus siga a cada dia mais abençoando a sua vida. Sempre em frente meu irmão…

    • Avatar
      CACL

      Amém, tamo junto Ivan!

  3. Avatar
    CARLOS EDUARDO BARILLARI

    Muito top Dany
    Amei meu irmão
    Deus te abençoe.
    Tmj

    • Avatar
      CACL

      Valeu, Du! Que Deus te abençoe!

  4. Avatar
    Michelly

    Fantástico.
    Que sua intimidade com Deus continue te revelando aeus falsos Deuses.

    Santo Elias rogai por nós

    • Avatar
      CACL

      Amém, Mi! Vou me livrar deles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram Access Token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.

Error: No posts found.

Make sure this account has posts available on instagram.com.