Palavra de Fundador

Católico ou Protestante? – Parte 4

By

por Guilherme Maggio –

A paz amados! Nesta semana que se iniciou com a comemoração do dias das mães, gostaria de falar um pouco sobre a Maternidade Divina, e ai podemos entender este termo sobre duas óticas.

Maternidade divina, pode ser a maternidade de Deus. O Senhor que nos ama com um amor de pai e MÃE. Mas podemos estar falando também da MÃE DE DEUS, neste caso de uma mulher, MARIA, aquela que pelo seu sim, possibilitou que o verbo, o filho, o próprio Deus se encarnasse e se tornasse homem como nós.

Qualquer cristão, não questiona, ou pelo menos não deveria questionar o valor das duas proposições acima, ou seja O AMOR DE DEUS, e a figura essencial de MARIA, no processo de nossa SALVAÇÃO E REDENÇÃO da humanidade! E aqui não temos distinção entre uma ou outra vertente cristã.

“Todavia, quando chegou a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido também debaixo da autoridade da Lei, para resgatar os que estavam subjugados pela Lei, a fim de que recebêssemos a adoção de filhos…” (Gal 4,4)

Deus na plenitude dos tempos, no ápice de SEU AMOR POR NÓS, definiu que desceria e se esvaziaria (KENOSIS), para que se tornando homem como nós, pudesse nos ensinar como ser HOMENS. E para isso preciso nascer como nós de uma MULHER, e escolheu esta simples MARIA, uma mulher simples de Jerusalém de apenas 15 anos de idade, para carrega-lo em seu ventre, para dar a luz a Ele, para educa-lo, amá-lo e ensiná-lo os valores humanos! COMO NÃO VALORIZAR UMA MULHER DESSAS? Uma mulher que antes de todos os tempos, antes que existíssemos, já havia sido pensada por Deus, para tamanha missão, para receber tamanha honra! Uma mulher que carregou Deus em seu ventre, que o amamentou, que o educou, e que esteve até o fim ao seu lado aos pés de sua cruz!

Não podemos negar, se JESUS É O CARA, MARIA É A MULHER! E não sou quem afirma isso não, é o famoso líder protestante Martinho Lutero:

“Ela [Maria]nos ensina como devemos amar e louvar a Deus, com alma despojada e de modo verdadeiramente conveniente, sem pro­curar Nele o nosso interesse… Eis um modo elevado, puro e nobre de louvar: é bem próprio de um espírito alto e nobre como o da Virgem. ” (Maria Mãe dos homens”, Edições Paulinas, SP, p. 561).

Não amados não inventei esta frase, e vejam LUTERO a chama de VIRGEM, ou seja dá bases para o DOGMA DA IMACULADA CONCEIÇÃO que afirma veementemente a VIRGINDADE DE NOSSA MÃE, e que foi proclamado bem depois de sua passagem nesta terra, em 1854 pelo Papa Pio IX. POIS É, não é uma mulher qualquer. DEVE SER VENERADA. Eu disse venerada NÃO ADORADA, pois adoração somente a Deus, Maria mesmo nos pede isso! Ela não é igual a nós! Somos todos IGUAIS PERANTE A DEUS, mas Ele tem sim seus preferidos, aqueles que Ele mesmo escolhe para seu plano de vida e salvação, e MARIA foi a PRIMEIRA ESCOLHIDA DO SENHOR, devemos amá-la e tê-la como mãe. Ou estaríamos desobedecendo a ordem de nossa Senhor Jesus, dada do alto da cruz, e sendo burros demais em desconsiderar os fatos, E AS GRAÇAS QUE PELAS MÃOS DELA E PELO SEU VENTRE RECEBEMOS ATÉ HOJE!

Católico ou Protestante, TEMOS UMA MÃE, somos irmãos! VENEREMOS A VIRGEM COMO ELA MERECE, e estaremos chegando mais próximos de seu filho! Totus Tuus Mariae!

BIBLIOGRAFIA INDISPENSÁVEL

DOGMA DA ASSUNÇÃO:

https://www.bsaembare.com.br/gallery_sub_article.asp?codigo=228&status=7

DOGMA DA IMACULADA CONCEIÇÃO:

https://www.universocatolico.com.br/index.php?/o-dogma-da-imaculada-conceicao.html

MARIA E OS PROTESTANTES ORIGINAIS: – (Essa matéria é fantástica, leiam!)

https://blog.cancaonova.com/felipeaquino/2013/08/08/lutero-os-reformadores-e-nossa-senhora/