Palavra de Fundador

Católico ou Protestante? – Parte 1

By

por Guilherme Maggio –

A paz amados que nos acompanham toda a semana! Não, não vou falar mal de nossos irmãos separados, não senhor! Eu os amo! Este título é para refletirmos uma conduta de alguns irmãos e filhos católicos, que tem trocado a SANTA MISSA, ápice de nossa celebração de fé, por esta ou aquela forma de orar e de celebrar, em especial pelo GRUPO DE ORAÇÃO!

Percebo que muitas missas estão esvaziadas enquanto muitos grupos de oração por ai estão cada vez mais cheios. Vejam nossa igreja é acolhedora e recebe a nós CARISMÁTICOS, com toda alegria, porém é inegável que existem muitos irmãos nossos antigos de caminhada que ainda não reconhecem com atitudes concretas que a missa é o ato de fé mais importante de um cristão Católico Apostólico Romano. Abre aspas, não estou aqui falando de missas que oram por cura e libertação, estou falando de qualquer missa, ou melhor, estou falando DA MISSA!

Por mais que nossos grupos e reuniões de oração sejam efusivos e que o fogo desça, é na Santa Missa que recebemos o Cristo vivo, é nela que celebramos sua encarnação, vida, morte e ressurreição! Nela celebramos o centro de nossa fé em sua plenitude! De que adianta pedir cura no grupo de oração, se quando o Senhor da cura esta se doando a você, você não está presente para recebê-lo! Que fique claro que somos integrantes da RCC e amamos usar os carismas para servir ao Senhor na vida do próximo. Porém este tipo de pensamento que só quer o sensível e não passa pelo racional, é pífio, é vazio e com certeza leva pouco a pouco a apostasia! A perda da fé! Pesado não é mesmo! Que bom é para pesar mesmo. Isso porque nem estou usando o argumento de que faltar a missa é PECADO MORTAL, e precisa de confissão com um sacerdote!

O formato de nossos grupos de oração, é o mesmo formato, ou muito similar ao de um culto protestante, o que me leva a concluir que quem falta a missa, mas frequenta a 5 grupos por semana, e só quer saber deste formato, deveria se tornar protestante e ser feliz em outra igreja! Amados, na Santa Missa, bebemos da graça por completo, é inconcebível não há valorizarmos! O Senhor nos acolhe, nos perdoa, festeja a nossa salvação conosco quando rendemos glórias, se revela a nós através de sua palavra, recebe em seu altar nossas ofertas, revive em nossa frente os mistérios de sua PAIXÃO, e se entrega por nós, se faz verdadeiro alimento para que possamos comungar de seu corpo e de seu sangue! A mística Catalina Rivas em sua experiência arrebatadora, nos conta o que acontece no plano espiritual durante a santa missa, e é fantástico!

Nesse momento, disse a Virgem: “Este é o milagre dos milagres; já te disse, para o Senhor não existe tempo nem distância e, no momento da consagração, toda a assembléia é transportada ao pé do Calvário no instante da crucificação de Jesus”.

Olhem o que diz estas sumidades de nossa Igreja:

Dizia São Bernardo:

“Fica sabendo, ó cristão, que mais se merece assistir devotamente uma só Missa (na igreja), do que distribuir todas as riquezas aos pobres e peregrinar toda a Terra”.

Também disse São Tomás de Aquino:

“O martírio não é nada em comparação com a Santa Missa. Pelo martírio, o homem oferece à Deus a sua vida; na Santa Missa, porém, Deus dá o seu Corpo e o seu Sangue em sacrifício para os homens. Se o homem reconhecesse devidamente esse mistério, morreria de amor. A Eucaristia é o milagre supremo do Salvador; é o Dom soberano do Seu amor.”

E São Francisco de Salles disse:

“A Missa é o sol da Igreja.”

E São Jerônimo dizia:

“Nosso Senhor Jesus Cristo nos concede tudo o que Lhe pedimos na Santa Missa; e o que mais vale é que nos dá ainda o que nem sequer cogitamos pedir-Lhe e que, entretanto, nos é necessário. Cada Santa Missa a que assistires, alcançar-te-á, no Céu, maior grau de glória.”

Bom acho que já deu para te convencer da importância de tomarmos vergonha na cara e sermos católicos do fogo, sendo fiéis a Santa Missa! Com conselhos desses, acho que não preciso de mais nenhum argumento!
Mas para fechar o caixão da preguiça, sem vergonhice e levantar homens e mulheres novos, fechemos este texto com uma última dica, dica de quem manjava de missa!

Então como devemos ASSISTIR a Santa Missa?

São Padre Pio de Pietrelcina responde:

“Como assistiam no Calvário Nossa Senhora e São João, renovando a fé, meditando na Vítima que se oferece para nós. Nunca deixa o altar sem derramar lágrimas de arrependimento e amor a Jesus. Escutem a Virgem que vos fala e vos acompanhará”

Irmãos somos católicos e CATÓLICO VAI A MISSA, faça chuva ou sol, esteja em casa ou viajando, esteja com saúde ou doente, com vontade ou não!

Semana que vem falaremos mais sobre posturas que nos fazem mais protestantes do que católicos, sempre é claro, olhando primeiro para nosso umbigo!

Fogo de Elias!