videira
Blog, Somos Igreja

A videira verdadeira e o ramo legítimo

By

A paz irmãos que Cristo Libertador te encha com seu Santo Espírito!

Essa semana celebramos a festa de Maria mãe da igreja, aquela que com o sim firmado, é auxílio e
corredentora junto com o Cristo de toda humanidade. No evangelho dessa semana, Jesus entrega
sua mãe pelas mãos de São João a todos nós. Mas antes de ser mãe, Maria é antes o ramo
mais legítimo da Igreja.

 

A videira verdadeira

No evangelho segundo São João, Jesus nos diz “ Eu sou a verdadeira videira”… “Aquele
que permanece em mim produz muito fruto” ao olhar para nossa Mãe encontramos tal
característica. Em botânica (ciência que estuda as plantas) há dois vasos dentro das
plantas; uma produz seiva bruta ( chamado também de xilema) e outra prontamente seiva
elaborada ( ou floema). Desse primeiro canal que fica nas raízes, passa pelo tronco até
chegar às folhas a planta recebe água e sais minerais. No outro canal, esses nutrientes
sofrem o velho e bom processo de fotossíntese e tornam-se nutrientes para gerar vida em
toda a árvore.

Sendo Cristo esse tronco, esta videira do Pai, ele quem nos traz a água da vida, esse que
contém em si o xilema, que nos alimenta com sangue e água, o tronco se eleva para nos
dar vida, e vida em abundância. Por sua vez, nossa mãe Maria, com sua doçura e gentileza
de Mãe, é nosso floema, aquela que entregou o fruto mais belo, bom e verdadeiro que já
existiu- “bendita é o fruto do vosso ventre”. O profeta Isaías também nos recorda isso
quando nos diz “ Um ramo sairá do tronco de Jesse”.

O fruto

Cristo é o fruto gestado em Maria, e por ser um com o Pai se torna também o agricultor,
uma vez que sua própria vida nos ensina a dissipar, cortar e arrancar o pecado em nós,
lançando-o fora.
Mas nessa matemática botânica, ainda falta um elemento essencial- o Sol, para que a
fotossíntese aconteça, uma vez mais o Sol se levanta esse Sol de justiça que pela unidade
da trindade para nós se manifesta como espirito como bem traduzida pela boca do anjo
Gabriel quando diz a Maria, a sombra do altíssimo te cobrirá.

Maria na doce escola de sua vida, nos ensina como permanecer, a quem estar ligada, e por
quem deixar-se iluminar. Assim também nos permitamos como ela nos deixar envolver, que
ele invada nossos ministérios, apostolados e de fato nos cubra para que esse efeito de
permanência em Cristo e iluminados pelo Espírito possamos também nós, frutificar no
mundo.

Oração: Ò doce Mãe da Igreja ensina-nos hoje, a permanecer no seio do teu Filho na Cruz,
e a essa videira estarmos ligados de tal forma, recebendo a luz do Espírito para que assim
possamos deixá-lo invadir nossas vidas com seiva do amor trinitário, da qual tu participas
como filha, esposa e mãe, para podermos frutificar nessa terra. Amém!

Bárbara Pereira, membro de vida, discípula e enfermeira!

Leia mais:

Decolar para a Santidade

 Maria, a primeira Doula da história!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.