Geração Eleita, Youtubers

Todo mundo vai ser celibatário!

By

Lá vem o Robson com esse assunto de celibato… até parece que ele quer que todo mundo seja celibatário”. Pois é, já ouvi isso algumas vezes e é até engraçado mesmo. Mas preciso te dizer: no céu todo mundo vai ser celibatário.

Naturalmente…

A meditação de hoje acontece a partir da catequese dada por João Paulo II no dia 10 de março de 1982, onde começou o ciclo sobre a Virgindade Cristã ou Celibato por amor do Reino dos Céus.

É claro que brincamos dizendo que o celibato é a perfeita vocação, até porque foi inaugurada pelo próprio Jesus. Mas quando falamos sobre Estado de Vida, é lógico que nem todos são chamados a essa vocação que não é natural.

Até o celibatário é NATURALMENTE chamado a ser pai/mãe. A vocação natural de todo ser humano é o matrimônio, o “unir-se” e o “procriar” para povoar o mundo de filhos e filhas de Deus.

Mas de maneira SOBRENATURAL, alguns homens e mulheres são chamados a viverem aqui na Terra, no tempo cronológico, o que um dia todos viverão no Paraíso, no Kairós de Deus.

Sobrenaturalmente…

É claro, quem em sã consciência não quer se unir a um parceiro(a) ali ser feliz, constituindo uma família, tendo filhos, povoando a terra para o céu? Todos deveriam ter esse sentimento! No celibato por amor do Reino de Deus principalmente, pois o homem que teme ou não quer ter uma família, não pode também querer ser só de Deus e de Sua família.

Falando nisso, é importante dizer que o celibatário continua a ter todos os desejos e características naturais de um homem. Desejos e impulsos sexuais, permanece gostando de mulher (aleluia!), é pai, é irmão, é esposo (na ordem sobrenatural). E assim também com as celibatárias.

Se tudo caminhar como se deve, não há nada de diferente. homem permanece homem em tudo e mulher permanece mulher em tudo!

O que muda mesmo é o que se faz com esses impulsos e desejos: eu os aponto pro céu, como um grande foguete que almeja apenas as estrelas e o Seu Criador.

É isso… tudo o que há em mim: meus desejos, anseios, potencialidades… tudo pra Deus!

Na Teologia do Corpo…

São João Paulo II então nos fala sobre esse “celibato” que todos viverão no céu e da antecipação dos que entendem essa como a sua vocação:

A constatação: ‘quando ressuscitarem dentre os mortos… não tomarão mulher nem marido’ indica que há uma condição de vida isenta de matrimônio, em que o homem, varão e mulher, encontra ao mesmo tempo a plenitude da doação pessoal e da intersubjetiva comunhão das pessoas, graças à glorificação de todo o seu ser psicossomático na união perene com Deus”.

E continua:

Quando a chamada à continência ‘para o Reino dos Céus’ encontra eco na alma humana, nas condições da temporalidade, isto é, nas condições em que as pessoas ordinariamente ‘tomam mulher e tomam marido’ não é difícil captar nisso uma particular sensibilidade do espírito humano, que já nas condições da temporalidade parece antecipar aquilo de que o homem se tonará participante na ressurreição futura”.

Desafio

E eu quero te desafiar! Estamos próximos à Semana de Santa Luzia, baluarte da Comunidade Cristo Libertador. Ela é para nós um grande exemplo de santa vivência do celibato ou continência pelo Reino de Deus.

Eu, meu irmão Isac, nosso fundador Guilherme e irmãos de outras Comunidades gravaremos vídeos sobre diversas realidades próprias do Estado de Vida do Celibato pelo Reino dos Céus. Que tal assistí-los e deixar Deus falar ao seu coração? Os vídeos serão lançados de 10 a 14 de dezembro, sempre às 9h da manhã na página do Facebook e no canal do Youtube da CACL.

É uma vocação sobrenatural, mas que só existe no coração de quem é homem e mulher de verdade.

Vamos juntos? Falando em vocação, gravei um vídeo sobre esse tema lá no meu canal, o Geração Eleita. Vê lá:

Deus te abençoe!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.