Blog

Conhecereis pelo fruto de Maria

By

Caros irmãos paz do Cristo Libertador.

O evangelho de hoje, dia 26 de Junho de 2019, me inspira a meditar brevemente sobre Maria Santíssima e os frutos  que Jesus fala!

Antes de entrarmos propriamente nas palavras do santo evangelho, quero te convidar a visitar alguns textos maravilhosos que, pela santa tradição e pela graça de Deus são atribuídas à Maria Santíssima ou falam a seu respeito.

Medianeira da Graça

Maria é a nossa medianeira, é caminho certo para encontrarmos a pessoa de Jesus, digo isso não de forma romântica mas absolutamente pratica, afinal foi esse mesmo caminho escolhido por Jesus para nos encontrar. Poderíamos nós, em nossa infinita mediocridade frente a imensa sabedoria de nosso Deus, escolher um caminho melhor para esse encontro?

“És jardim fechado, minha irmã, noiva minha, és jardim fechado, uma fonte lacrada”

Ct 4, 12

O Espírito Santo já soprava essas palavras que hoje são, sabiamente atribuídas à Maria Santíssima, muito antes dela nascer.

A Imaculada

A noiva do Espírito Santo, um jardim fechado, preservado da mancha do pecado, um lugar puro e perfeito, intocado e imaculado conforme o sonho do Deus altíssimo.
Um jardim repleto de árvores frutíferas, cheio de vida, cuja “a fonte do jardim é poço de água viva” (Ct 4, 15).

“Vinde a mim todos os que me desejais, fartai-vos de meus frutos”

Eclo 24, 19

Maria, conforme nos propõe o texto acima, nos convida a visitar e permanecer nesse jardim, afim de que possamos saciar a nossa fome e sede, e com isso “nunca mais termos sede” (Jo 4, 14). Ela é o poço de onde viria a brotar a inesgotável fonte de água viva.

O fruto do ventre de Maria

No santo evangelho de hoje segundo São Mateus, 7, 15-20, gostaria de destacar apenas um versículo, o 16 que diz, “pelos seus frutos os reconhecereis”, leia aqui o evangelho completo.

Quem é o bendito fruto que nasce do ventre da Santíssima Virgem, se não o “Santo, Inocente, Imaculado, Separado dos pecadores e elevado ao mais alto do que os céus” (Hb 7, 26), nosso Senhor Jesus Cristo, Verbo encarnado e Salvador de toda humanidade.

Se as palavras do santo evangelho nos propõe que os frutos dizem muito de sua fonte ou seja, a árvore de onde foram colhidos, concluímos em definitivo quão grande é a santidade de Maria, quão perfeito é o seu ventre cuja Trindade encontrou descanso e repouso.

Gerados no Ventre de Maria

A grande beleza disso tudo não está apenas nas descobertas mas sim nas possibilidades. Ou seja, esse ventre santo, jardim fechado, está disponível para que espiritualmente possamos acessá-lo e então sermos novamente gerados “nascendo em definitivo pela água e pelo espírito, afim de ganharmos o Reino de Deus” (Jo 3, 5).

O céu é uma realidade, a salvação é um fato e o caminho para conquistá-los é a Santíssima, Dulcíssima e Imaculada Maria, a mãe de Deus, a mais santa de todas as criaturas.

O acesso se dá, de forma concreta, na elevação de nossas devoções a Maria, recorrendo constantemente à sua poderosa intercessão, em uma maior e mais sensível observação às suas virtudes, e uma violenta busca de imitá-las. A partir disso é graça e não merecimento, nada do que fizermos nos torna dignos, apenas a misericórdia de Deus.

Oração

Santa Maria Rogai por nós nesse trajeto que hoje nos parece tão distante e impossível… Tu que és dispenseira de todas as graças, libere em nós, se assim for do agrado de vosso filho Jesus, a possibilidade de exalar o vosso perfume e sermos concretamente reconhecidos como vossos filhos.

Amém.

Leia mais:

Maria, caminho de humildade

Maria, mãe de Deus e minha

No ventre de Maria nasce o Adorado

 

Rodrigo Fumagalli 

Discípulo e Formador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.