Como Elias, entrar no ritmo do Reino!
Arte e Cultura, Dança, Elias

Como Elias, entrar no ritmo do Reino!

By

Durante toda essa semana pudemos conhecer mais sobre nosso Baluarte e Amigo, Santo Elias. Pudemos nos inteirar da sua vida, suas características, sua intimidade com o Pai, assim como feitos realizados em nome do nosso Deus, através da vida de Elias. Como Elias, entrar no ritmo do Reino!

Mas eu me pergunto, será que foi fácil para Elias viver dentro dos planos e desígnios de Deus para a sua vida? Será que em nenhum momento ele se cansou, não aguentou e pediu para sair? Afinal, ele foi um homem como nós, feito de carne e osso, que cansa, que sente dor, que muitas vezes não aguenta o ritmo do que nos é exigido e desiste.

Por isso, antes de tudo vamos entender um pouco sobre o significado de ritmo.

Ritmo

Como Elias, entrar no ritmo do Reino!Tendo como origem o Latim, a palavra ritmo é um substantivo que se aplica à diversas situações e contextos.

Por exemplo, na música o ritmo pode ser definido como uma sucessão de tempos fortes e fracos que se alteram de forma regular. Pode também definir um ritmo musical, como a Valsa, caracteristicamente definida por ter um compasso ternário, o qual quando é ouvido, é facilmente identificado como uma valsa.

Na Literatura também há um ritmo, as palavras são pronunciadas de uma certa forma e de acordo com a intenção do momento recebem uma entonação diferente.

E na dança, o ritmo basicamente ordena os movimentos corporais aliados ao tempo e espaço que se inserem.  Ou seja, “dançar conforme a música”, e para se dançar conforme o ritmo da música é preciso muito ensaio, condicionamento físico, assiduidade, persistência. Quanto mais você se dedica, mais você entra no ritmo com facilidade.

E quem disse que é fácil entrar no ritmo?

Existem pessoas que são mais aceleradas e que necessitam desacelerar para não ficar atropelando a sequência dos passos. E há aqueles que são mais lentos e que se não ficarem atentos e trabalharem o fluxo com mais agilidade, sempre ficarão para trás.

A vida é cheia de acentos, pontuações, momentos tranquilos, outros nem tanto…coreografias mais rápidas, mais lentas ou mesmo coreografias que são rápidas e lentas com mudanças constantes de ritmo.

E assim foi a vida de Elias, homem de figura forte, obediente, amigo, profeta…mas que antes de tudo precisou ser treinado para estar no ritmo.

Treinamento

Deus é Deus e não há ninguém nesse mundo que saiba mais do que Ele. Antes de que a missão de Elias começasse, Deus já sabia que ele precisaria entrar no ritmo do Reino, que precisaria que ele soubesse passar pelos tempos mais fortes e turbulentos como no Monte Carmelo (I Reis 18, 20-40), sabia que precisaria treinar a paciência de Elias para encontra-Lo na brisa suave dentro da gruta no Horeb (I Reis, 19, 9-14).

Já pensou se Elias fosse um homem acelerado na hora errada ou devagar demais quando precisava de agilidade e esperteza? Com certeza tudo não teria acontecido como aconteceu.

É preciso entrar no ritmo do Reino e para isso é preciso que Deus conduza esse treinamento, que Ele nos ensaie, nos dê o 5, 6, 7 e 8, e seja o coreógrafo dessa dança que tem um ritmo específico e que só participa quem está apto para ser de fato seu bailarino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.