Arte e Cultura, Pelas Lentes do Carisma

Através do Carisma

By

Em 1826 foi criada a primeira câmera, era enorme e precisava de tantas coisas para funcionar que cada foto era um objeto de muito valor. Hoje, 192 anos se passaram e podemos tirar fotos de qualquer coisa, lugar ou momento. Através da tecnologia do telefone, a câmera se tornou um dos objetos mais acessíveis do mundo moderno.

E a grande pergunta se faz entre os meus amigos profissionais: -A fotografia perdeu o seu valor?

A resposta não é unânime. Em minha opinião, a foto está cada vez mais valorizada. Quem perdeu o valor foi o profissional. Temos agora uma infinidade de fotos e fotógrafos.
Aquelas fotografias que contém uma mensagem ainda possuem seu valor. Com tantas fotos sendo lançadas aos nossos olhares e com a capacidade atual de alterar a originalidade das fotografias, eu pergunto novamente: -elas estão comunicando o que deveriam?

O que seria importante o suficiente que deveria ser registrado por toda a eternidade? Uma foto tem a capacidade de congelar no tempo uma emoção? E seria capaz de traduzir uma oração?
Os grandes mestres da fotografia dizem que não é necessário um super equipamento e sim, um belo olhar para se ter uma boa foto. E se esse olhar estiver sendo guiado pelo Espírito de Deus? O que esse fotógrafo retrataria?

Meu nome é Walter Moura, tenho 30 anos e sou fotógrafo desde os 15 anos. Filho e neto de fotógrafos, praticamente minha vida toda atrás de uma câmera. Há 2 anos me tornei discípulo da Comunidade de Aliança Cristo Libertador e, hoje, sou um sinal da Verdade e da Liberdade do Cristo em todas as realidades de escravidão humana. Vocês devem estar pensando que, com tanto tempo de profissão, eu deva ter uma infinidade de fotos em arquivos prontas para serem usadas aqui. Mas a verdade é que não tenho. Eu nunca saí às ruas com minha câmera a postos para fotografar algo que traduzisse o que eu estava sentindo ou a forma que eu via o mundo. Sempre foi um movimento externo. Eu fotografava o que eles estavam sentindo.

Cada foto tinha a emoção do fotografado, e não do fotógrafo. Pra mim sempre foi esse o objetivo.

Se você está nesse blog, já deve saber. Deus é aquele que faz novas todas as coisas, correto? Então, Ele, através desse carisma, me deu uma nova missão. A de fazer o que sempre fiz de um modo diferente. Tudo se torna diferente e novo a partir desse momento.

Você está convidado a participar desse processo em minha vida. É algo tão novo que não sei aonde Deus nos conduzirá. Provável que, assim como ele ressignificou a minha vida, isso aconteça também com algumas fotos. Talvez, tenhamos muito mais do cotidiano do que fotos artísticas. Mas o que eu tenho certeza é que será uma caminhada desafiadora e de superação, do qual você, caro leitor, poderá viajar junto.

Através das lentes de uma câmera irei comunicar o carisma Cristo Libertador que existe em mim. A cada 15 dias terá uma nova fotografia acompanhada de uma íntima reflexão. O Espírito Santo é criativo e com Ele podemos ir para qualquer lugar. Por isso peço a Ele a graça de alcançar vosso coração e para que o transbordamento carismático em mim seja o que falta em suas vocações.

Nos vemos em breve.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.